uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Vila Franca de Xira foi um Museu durante a 22ª edição da semana tauromáquica

Mais de duas mil pessoas visitaram os vários locais da cidade onde estiveram em exposição obras seculares
Edição de 20.07.2011 | Desporto
Cada uma das exposições que esteve patente ao público em vários espaços na cidade de Vila Franca de Xira, durante a Semana da Cultura Tauromáquica, atraiu cerca de dois mil visitantes. A 22.ª edição da Semana da Cultura Tauromáquica de Vila Franca de Xira, que abre todos os anos caminho para o Colete Encarnado, decorreu este ano de 24 a 30 de Junho. A Casa-Museu Mário Coelho colaborou com a Câmara Municipal de Vila Franca de Xira na preparação da iniciativa que contou com exposições inéditas, novilhadas e um colóquio que deu voz às mulheres protagonistas na festa brava, entre outros eventos.O prestígio de Mário Coelho, associado à organização, permitiu que a cidade de Vila Franca de Xira pudesse mostrar colecções particulares, algumas com mais de 100 anos, que nunca tinham sido emprestadas. A iniciativa teve a colaboração do Museu de San Fermím, Museu Extremeño, Museu de Almendralejo, Museu Manuel dos Santos e outras entidades privadas. Cabeças de toiro, propriedade de toureiros portugueses e espanhóis, intercaladas com obras de pintura e escultura e cartazes antigos, ficaram expostas na Rua Dr. Miguel Bombarda, nº-161. No Clube Vilafranquense puderam ser admiradas pinturas a óleo e pastel e esculturas. Os capotes de passeio com motivos religiosos, autênticos “mantos de fé” que servem para as cortesias no começo da corrida, puderam ser vistos na Igreja do Mártir Santo que aliou o sagrado à tauromaquia. Os visitantes apreciaram autênticas obras de arte, propriedade de alguns museus espanhóis, que pertenceram a grandes figuras da história da tauromaquia, como Belmonte, Gaona, Cagancho e a outros mais recentes como Manuel dos Santos, Henrique Ponce, Juli, Procuna, Miguel Angél Perera ou Rui Bento VasquesNo Museu do Neo-Realismo foi exposto um conjunto de gravuras e óleo e o tema da tauromaquia foi relacionado com a obra de Júlio Pomar. Em exposição estiveram pinturas de Juan Lopez, Simão da Veiga (pai), Chichorro, António Araújo, Pancho Flores, António N. dos Santos, Maqueda, Badosa e Julian. Na mesma semana puderam ainda ser vistas esculturas de Delfim Maya, J.Cuevas, Peralta, entre outros.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...