uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Cidade de Alverca entrega cinco galardões de mérito no dia do seu aniversário

Três personalidades, uma colectividade e uma empresa homenageadas pelo trabalho em prol da terra

No dia da festa do 21º aniversário de elevação de Alverca a cidade foi reconhecido o trabalho de pessoas e entidades que ao longo da vida têm colaborado com a comunidade local.

Edição de 20.07.2011 | Sociedade
Maria Elisa Raimundo, Adelino Esperança, Joaquim Dias, o Grupo Desportivo dos Bombeiros Voluntários de Alverca e a empresa Utilar foram homenageados no dia da cidade de Alverca, concelho de Vila Franca de Xira. A cerimónia do 21º aniversário de elevação a cidade decorreu na Sociedade Filarmónica de Recreio Alverquense. “Estou muito emocionada e não consigo dizer nada, a não ser agradecer por esta distinção”, disse Maria Elisa Raimundo, quando foi chamada ao palco para receber o Galardão de Mérito Autárquico. A morar em Alverca há mais de 50 anos, Maria Elisa Raimundo, de 76 anos, trabalhou durante 32 anos nas Oficinas Gerais de Material Aeronáutico (OGMA). Foi a única mulher eleita para a primeira Assembleia de Freguesia, em 1976, e a primeira mulher a integrar um executivo da junta em 1979. Integrou ainda em finais dos anos 80 o Grupo de Fundadores da Associação Coral Ares Novos e a Direcção dos Bombeiros Voluntários de Alverca. Joaquim Manuel Dias, agraciado com o Galardão de Mérito Cultural, conseguiu apenas dizer que não merecia o prémio. “Fiz muito menos do que aquilo que gostaria de ter feito”, referiu antes de chamar a esposa para ler o discurso que tinha preparado. “Dias”, como é conhecido, fundou em 1996 o Grupo Etnográfico Danças e Cantares de Alverca (GEDCAR) ao qual continua ligado. “Neste momento estamos a ensaiar nas antigas instalações da Casa da Cultura de Alverca e a continuação do grupo só foi possível porque nunca nos cobraram a água e a luz e de vez em quando também recebemos alguns apoios da autarquia”, referiu a esposa. Adelino Esperança foi distinguido com o Galardão do Mérito Social pelo seu percurso à frente da Casa S. Pedro de Alverca, onde permaneceu durante 13 anos. “Quando me disseram achei estranho porque eu só dei trabalho. A Casa de S. Pedro tem grandes valores, desde a minha esposa, passando por todos os funcionários, amigos da casa e muitos outros. O galardão vai ficar no salão nobre da Casa S. Pedro”, apontou. Foi ainda entregue o galardão de Mérito Desportivo ao Grupo Desportivo dos Bombeiros Voluntários de Alverca. O presidente Fernando Rosa Anacleto aproveitou para destacar o esforço de todos os que fazem parte da colectividade. Elvira Vieira, que desde 1963 é o rosto de uma das lojas mais emblemáticas de Alverca, recebeu a distinção de Mérito Empresarial entregue à empresa de que é proprietária, a Utilar de Elvira & Vieira.O presidente da Junta de Freguesia de Alverca, Afonso Costa, aproveitou a cerimónia para se queixar das “poucas verbas que chegam a Alverca, quando as exigências dos cidadãos aumentam todos os dias”. “Gerir em período de abundância é fácil, mas gerir uma cidade desta dimensão em tempos de crise representa um desafio”, acrescentou. A presidente da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, Maria da Luz Rosinha, enalteceu mais uma comemoração de elevação de Alverca a cidade e deixou um conselho ao presidente da junta para gerir os recursos: “Quando o dinheiro é menos, é preciso esticá-lo como cada um faz na sua casa. Não devemos desesperar, mas trabalhar e batalhar para ultrapassar as dificuldades”.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...