uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Extensa comitiva inaugurou três novas ETAR no concelho de Santarém

Extensa comitiva inaugurou três novas ETAR no concelho de Santarém

Equipamentos vão tratar esgotos da Póvoa de Santarém, Pernes e Amiais de Baixo

Investimento de seis milhões de euros da empresa municipal Águas de Santarém contou com comparticipação de fundos comunitários.

Edição de 27.07.2011 | Sociedade
Foi preciso alugar dois autocarros da Rodoviária do Tejo e mobilizar uma carrinha da empresa municipal Cul.tur para transportar a extensa comitiva de convidados, incluindovários funcionários da empresa municipal Águas de Santarém (AS), para assistirem à inauguração oficial das estações de tratamento de águas residuais (ETAR) de Póvoa de Santarém, Pernes e Amiais de Baixo, no concelho de Santarém.A visita às três ETAR realizou-se na manhã de terça-feira, 26 de Julho, e foi feita em tempo recorde. Os convidados, liderados pelo presidente do município, Francisco Moita Flores (PSD), e pelo secretário de Estado do Ambiente e Ordenamento do Território, Pedro Afonso de Paulo, deram o exemplo e juntaram-se à comitiva que seguiu no autocarro. As ETAR de Pernes e Amiais de Baixo foram remodeladas enquanto a de Póvoa de Santarém foi construída de raiz. Ao todo foram investidos 6 milhões de euros.A visita à ETAR de Póvoa de Santarém foi muito rápida. Mal chegaram ao edifício onde a estação já se encontra a funcionar, Moita Flores chamou Pedro de Paulo para seguirem em direcção a Pernes. Situação que motivou protestos de alguns populares que foram propositadamente ao local para assistir à cerimónia. “É uma falta de respeito. Vimos aqui e nem nos dão umas palavrinhas. Podiam dizer qualquer coisa”, disse uma moradora revoltada com a falta de atenção dos políticos.Depois de visitar a ETAR de Pernes o cortejo seguiu para Amiais de Baixo, onde foram feitos os discursos da praxe. “Estamos a proceder à cobertura de todo o território com a rede de saneamento de águas residuais. Em sete anos vamos passar de 62 por cento de cobertura de saneamento para 93 por cento dessa cobertura. É um passo de gigante”, disse Moita Flores acrescentando que este sistema vai contribuir para acabar com a poluição no rio Alviela.Investimento de seis milhões de eurosCom um investimento total de seis milhões de euros, co-financiados em 80 por cento por fundos comunitários do QREN (Quadro de Referência Estratégico Nacional) as ETAR de Póvoa de Santarém, Pernes e Amiais de Baixo constituem o início do plano de ampliação do serviço de saneamento da empresa Águas de Santarém.Segundo comunicado da AS estes sistemas de saneamento revestem-se da “maior importância” local e regional uma vez que vão recolher e tratar a “quase totalidade” das águas residuais produzidas nas localidades de Póvoa de Santarém, Verdelho, Amiais de Baixo, Amais de Cima, Pernes, Arneiro das Milhariças, Casais das Milhariças e Póvoa das Mós, lançando-as posteriormente em afluentes do rio Tejo, onde se inclui o rio Alviela, em “condições técnicas e ambientalmente adequadas”.Ainda de acordo com informação da empresa, com a realização deste investimento a Águas de Santarém, em 2013, vai ultrapassar os objectivos previstos servindo 92 por cento da população de Santarém com sistemas públicos de saneamento de águas residuais urbanas
Extensa comitiva inaugurou três novas ETAR no concelho de Santarém

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...