uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Refer promete construir passagem superior para passageiros na estação do Entroncamento

Refer promete construir passagem superior para passageiros na estação do Entroncamento

Anúncio surge após década e meia de protestos e alguns acidentes mortais o último dos quais em Junho

Numa primeira fase vai ser condicionado o acesso às linhas através da colocação de barreiras e vai existir sinalização sonora. A empresa condiciona a construção da passagem sobre todas as linhas dizendo que a mesma fica “dependente de serem encontradas fontes de financiamento”.

Edição de 27.07.2011 | Sociedade
Os passageiros que utilizam a estação de caminho de ferro do Entroncamento e as pessoas que lá trabalham, vão ter condições de segurança no atravessamento das linhas. A promessa foi feita pela Refer (Rede Ferroviária) numa reunião com autarcas da Câmara Municipal do Entroncamento. A informação foi divulgada pelo Bloco de Esquerda e confirmada a O MIRANTE pelo presidente da autarquia, Jaime Ramos (PSD).As soluções apresentadas pela empresa serão implementadas por fases. Até Setembro será colocada sinalização automática em alguns pontos de atravessamento mais utilizados e colocados portões para evitar o atravessamento noutros. Até Novembro a empresa vai criar um acesso por escadas, ligando a actual ponte de peões à plataforma central da estação. Até Dezembro de 2012 compromete-se a construir uma passagem superior para acesso à plataforma central, a partir da zona das bilheteiras, com escadas e elevadores. Esta passagem superior poderá dar acesso a todas as plataformas (para além da central há mais três) desde que a empresa consiga encontrar “fontes de financiamento”. No documento apresentado à Câmara do Entroncamento estão ainda previstas outras obras envolvendo a ligação das bilheteiras à actual ponte pedonal.Há muitos anos que os políticos locais e os utentes dos caminhos de ferro reclamam uma passagem desnivelada que permita o trânsito entre bilheteiras e plataformas de embarque. Tal estrutura estava prevista no projecto de remodelação da estação anunciado em 1995, no tempo do Governo Guterres, pelo ministro João Cravinho, que foi abandonado. Em 2009, pouco antes das eleições autárquicas, a empresa apresentou aos autarcas do Entroncamento mais um projecto de remodelação da estação que, desta vez por causa da crise, foi posto de lado. Em Junho, após um ferroviário reformado ter sido atropelado mortalmente por um comboio rápido, a Refer, através do seu porta-voz, veio dizer que as condições de segurança dos passageiros e pessoal estavam asseguradas uma vez que tinham sido emitidos avisos sonoros da aproximação do comboio e havia pessoal de serviço na plataforma a alertar as pessoas para o perigo de atravessamento naquela altura. Infelizmente a vítima mortal tinha uma deficiência auditiva. Declarações idênticas por parte da Refer são habituais naquelas circunstâncias, provocando reacções de indignação dos passageiros e dos responsáveis autárquicos. O Bloco de Esquerda refere no comunicado da sua comissão coordenadora que as medidas anunciadas já deveriam ter sido adoptadas há muito tempo. “É lamentável que a Refer só tenha decidido avançar para a melhoria da segurança na estação ferroviária depois de terem ocorrido acidentes mortais, o último dos quais, em Junho passado, vitimou um ferroviário reformado. O Bloco de Esquerda entende estas medidas como o resultado da enorme pressão colocada sobre a administração da Refer (...)” pode ler-se.O presidente da câmara municipal quer acreditar que as obras agora anunciadas não serão adiadas ou postas de lado. “Temos que acreditar que as pessoas são sérias. Há vidas de pessoas em jogo. De passageiros e de trabalhadores”. O Bloco de Esquerda diz que se manterá “vigilante” e justifica aquela posição. “Infelizmente, o passado recente está cheio de promessas animadoras que ficaram pelo caminho, abandonadas por “falta de verbas”, pela súbita mudança de responsáveis ou, simplesmente, por uma reiterada e criminosa incúria”.
Refer promete construir passagem superior para passageiros na estação do Entroncamento

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...