uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Secretário-geral da CONFAGRI homenageado por amigos em Vila Franca

Secretário-geral da CONFAGRI homenageado por amigos em Vila Franca

Duas centenas de pessoas assinalaram a condecoração de Francisco Silva pelo Presidente da República

Amigos e familiares recordaram aventuras do percurso pessoal e profissional do secretário-geral da CONFAGRI, Francisco Silva, que se mostrou muito grato pela homenagem e aproveitou para apontar alguns dos motivos que conduziram o sector agrícola ao actual estado.

Edição de 27.07.2011 | Sociedade
O secretário-geral da Confederação Nacional das Cooperativas Agrícolas e do Crédito Agrícola de Portugal (CONFRAGI), Francisco Silva, foi homenageado no sábado, 23 de Julho, na Plaza Ribeiro Telles, em Vila Franca de Xira. A cerimónia partiu de um conjunto de amigos que quiseram festejar a recente condecoração do dirigente que reside há largos anos em Azambuja como Grande Oficial da Classe do Mérito Agrícola, Ordem do Mérito Empresarial. Distinção atribuída pelo Presidente da República, Cavaco Silva, no dia 10 de Junho.“Fui um dos condecorados este ano para minha grande surpresa. Foi com grande alegria e reconhecimento que aceitei e claro que a condecoração dá-me não só mais responsabilidade como também mais autoridade”, explicava Francisco Silva a O MIRANTE enquanto ia recebendo os convidados. Depois do almoço os filhos e amigos do homenageado subiram a um palco para falarem do homem que dirige uma das organizações mais importantes do país. Engenheiro agrónomo de profissão, Francisco Silva é também presidente da direcção da Federação Nacional Das Caixas de Crédito Agrícola Mútuo (FENACAM), presidente do conselho de administração da Caixa Agrícola de Azambuja e membro do Comité Económico e Social da União Europeia. Natural de Albufeira, mas radicado há muito em Azambuja, o engenheiro já foi deputado nas décadas de 80 e 90. O deputado Mendes Bota (PSD) aproveitou para recordar uma das muitas aventuras políticas que viveu com Francisco Silva. “No célebre congresso que decorreu na Figueira da Foz, em Maio de 1985, Cavaco Silva estava preso por um fio para ser candidato a primeiro-ministro. Nós andámos a correr às quatro da manhã na Figueira da Foz para conseguir reunir todas as assinaturas necessárias para corporizar a candidatura” contou Mendes Bota, acrescentando que “nunca mais a Assembleia da República teve um homem que conhecesse tanto sobre o mundo rural”. O Secretário de Estado da Agricultura, José Diogo Albuquerque, que se juntou à festa, salientou o “grande protagonista que é Francisco Silva no panorama da agricultura nacional”. Por sua vez o presidente da CONFRAGI, Manuel Santos Gomes, realçou a dedicação de Francisco Silva à causa da agricultora portuguesa, do corporativismo agrícola e do crédito agrícola. Das mãos do vice-presidente da FENACAM, Arnaldo Santos, o homenageado recebeu o primeiro troféu feito pela federação. Depois de contar alguns episódios do seu percurso pessoal e profissional, Francisco Silva aproveitou para apontar alguns dos aspectos que contribuíram para levar a agricultura ao estado actual. “O país nunca teve uma política que apoiasse com discriminação positiva as nossas potencialidades ou tivesse uma visão comercial do sector agrícola. O excessivo apoio dado às grandes superfícies que estão a destruir a produção agrícola nacional; o desligamento das ajudas de produção e a concepção do PRODER, o pior programa que tivemos desde a adesão à União Europeia são outros aspectos negativos”. A Ordem ao Mérito Empresarial, Classe de Mérito Agrícola, com que foi distinguido Francisco Silva, distingue personalidades que tenham prestado, como empresários ou trabalhadores, serviços relevantes no fomento ou na valorização da agricultura, pecuária, das pescas ou do património florestal do país.
Secretário-geral da CONFAGRI homenageado por amigos em Vila Franca

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...