uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Ladrões aviaram-se no bar do União de Santarém no campo Chã das Padeiras

Prejuízo ascende a cerca de 1500 euros. Larápios levaram comida, bebidas, equipamentos e instrumentos de cozinha. Ainda tiveram tempo para ir às instalações da bancada coberta e levar duas botijas de gás e um esquentador.

Edição de 14.12.2011 | Desporto
Vinte quilos de carne, bacalhau, pevides, amendoins, batatas fritas, sumos, colas, feijão, grão, máquina de café, registadora com cerca de 40 euros em dinheiro, fogão portátil, panelas são alguns dos muitos equipamentos, instrumentos e alimentos que desconhecidos roubaram do bar do União de Santarém no campo Chã das Padeiras, em Santarém. O prejuízo global foi de cerca de 1.500 euros.Tudo aconteceu na noite de 2 para 3 de Dezembro, após uma festa que juntou várias dezenas de atletas, pais e dirigentes no bar do clube. José Bastos, director do futebol juvenil e responsável do bar, foi o último a sair do campo pouco antes da meia-noite. “Tínhamos abastecido o bar dois dias antes e comprado comida no próprio dia. Alguém entrou pelo portão principal do campo e partiu as correntes e cadeados que fechavam a porta do bar. Levaram o que quiseram, menos as cervejas. Tive de ir comprar tudo de novo para o fim-de-semana de jogos no campo”, descreve o dirigente. Depois de limparem o bar, os indivíduos foram à bancada coberta e levaram duas botijas de gás de grande dimensão e um esquentador. Todos acreditam que foi mais que uma pessoa a levar tamanho avio.Foi apresentada queixa na PSP, que esteve presente no local com elementos do núcleo de investigação criminal. Os dirigentes do clube garantem que os ladrões terão usado uma viatura para carregar toda a carga dentro do campo. Foi o oitavo assalto de que o União de Santarém foi vítima em ano e meio e o segundo no bar no espaço de seis meses.Para o presidente do clube, Rogério Soares, quem roubou teve conhecimento de que o bar ia ser abastecido e terá entrado no campo pelo portão principal sem forçar a fechadura. “Provavelmente até esteve aqui misturado na festa a observar”, conclui.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...