uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Presidente da Câmara de Tomar de baixa médica até 5 de Janeiro

Edição de 14.12.2011 | Política
O presidente da Câmara Municipal de Tomar, Corvêlo de Sousa, prolongou a sua baixa médica até ao dia 5 de Janeiro. A informação foi confirmada pelo vice-presidente da autarquia, Carlos Carrão, que substitui o autarca, um independente eleito pelo Partido Social Democrata (PSD), no cargo durante a sua ausência. Segundo apurado junto de fonte da concelhia do PSD de Tomar, “o presidente está muito em baixo”, fruto de cansaço e algum desgaste psicológico, sofrendo ainda de problemas de estômago. Ausente das lides autárquicas desde o dia 23 de Novembro, Corvêlo de Sousa mantém-se incontactável desde então. Foi precisamente nessa semana que O MIRANTE dava conta que Corvêlo de Sousa estaria a ser pressionado pelo PSD para apresentar a renúncia ao cargo, dando lugar a Carlos Carrão que é militante do partido. Seguiu-se um período de baixa médica que se prolongou até dia 5 de Dezembro e que foi renovado por mais um mês. Em sua substituição, o agora presidente em exercício, Carlos Carrão, não perdeu tempo e retirou os pelouros aos dois vereadores socialistas, a 30 de Novembro, rompendo-se a coligação entre os dois partidos. José Vitorino e Luís Ferreira deixaram também de exercer funções a tempo inteiro. Foi o próprio vice-presidente que assumiu a tutela das pastas do Urbanismo e dos Bombeiros e Protecção Civil que estavam nas mãos dos socialistas. Carlos Carrão tem representado a autarquia em vários actos oficiais e esteve reunido na passada semana com as delegações dos partidos e dos “Independentes por Tomar” com vista à elaboração das grandes opções do plano e orçamento para 2012, assunto que damos conta noutra notícia nesta edição.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...