uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Águas do Ribatejo abriu posto de atendimento ao público na Chamusca

Águas do Ribatejo abriu posto de atendimento ao público na Chamusca

Empresa intermunicipal disponibiliza também factura electrónica
Edição de 21.12.2011 | Economia
A empresa intermunicipal Águas do Ribatejo tem desde esta segunda-feira, 19 de Dezembro, um posto de atendimento ao público na Chamusca, situado na Rua Miguel Bombarda, nº 63. A unidade está equipada com dois postos de atendimento aptos a receber clientes e utilizadores dos sete municípios que integram a empresa, uma vez que funcionam em rede com as restantes unidades e com a sede da empresa instalada em Salvaterra de Magos. Qualquer utente de outros concelhos pode fazer ali o pagamento das suas facturas.Este é mais um equipamento de uma série de unidades que estão projectadas ou já a funcionar nos municípios que integram a empresa intermunicipal: Benavente, Almeirim, Alpiarça, Chamusca, Salvaterra de Magos, Coruche e Torres Novas. “O objectivo é aproximar a empresa dos utentes através da criação de um equipamento autónomo que não o espaço das câmaras municipais, com outras condições e maior comodidade e onde há possibilidade de os utentes apresentarem as suas reclamações, sugestões e pedirem esclarecimentos com mais privacidade”, referiu Sérgio Carrinho, presidente da Câmara Municipal da Chamusca e da Assembleia Geral da Águas do Ribatejo. O autarca destacou que com um investimento modesto num espaço arrendado garante-se a melhoria das condições para os utilizadores do serviço e para os colaboradores da empresa. Os serviços da Águas do Ribatejo funcionavam desde a entrada em funcionamento da empresa, em 2009, num espaço cedido pela câmara no edifício dos Paços do Concelho.Para Sérgio Carrinho este é um passo importantíssimo no sentido de “esclarecer todos aqueles que não têm compreendido a acção da empresa, principalmente no que diz respeito aos preços praticados”. Explicou que “a empresa está a fazer um investimento de 80 milhões de euros nos seis concelhos e esse esforço implica sustentabilidade que implicou aumentos que muitas vezes não foram compreendidos à primeira, mas a situação tem melhorado com o tempo porque os utentes têm vindo a verificar as grandes melhorias registadas”. No concelho da Chamusca estão em obra, nesta altura, investimentos superiores a 10 milhões de euros. “Obras de grande envergadura muitas vezes para servirem pouca população, como é o caso do Pinheiro Grande onde foi necessário estender mais de 28 quilómetros de tubos para a água e agora para os esgotos. É obra! E tem que ser rentabilizada”, referiu Sérgio Carrinho, para anunciar da necessidade de aumentar as taxas quer da recolha de lixo quer do saneamento, “que são meramente simbólicas no concelho da Chamusca”, disse.Na abertura da nova unidade foi anunciada uma campanha de adesão à Factura Amiga do Ambiente, que visa reduzir a quantidade de papel consumido pela empresa nas comunicações com os 76 mil clientes, que têm agora a possibilidade de receber as facturas e toda a informação no seu e-mail bastando para tal um registo no balcão digital em www.aguasdoribatejo.com ou uma inscrição nas unidades de atendimento.
Águas do Ribatejo abriu posto de atendimento ao público na Chamusca

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...