uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Nersant identifica azeite, queijos e frutos secos como oportunidades de negócio no Brasil

A associação está a elaborar guias de apoio à exportação para diversos mercados internacionais, como o francês, o moçambicano, o espanhol e o angolano.

Edição de 21.12.2011 | Economia
Um estudo realizado pela Associação Empresarial da Região de Santarém - Nersant aponta o azeite, os queijos e os frutos secos como oportunidades de negócio para os empresários da região no Brasil. O estudo, feito no âmbito dos trabalhos que visam fomentar a internacionalização das empresas da região, aponta os bens alimentares como uma das oportunidades de negócio do mercado brasileiro.“Devido à reduzida produção local, as castanhas e os frutos secos constituem oportunidades para as empresas portuguesas penetrarem no mercado brasileiro”, revela o documento, que destaca ainda a “imagem de alta qualidade” detida pelo azeite português no Brasil, onde “é um produto cada vez mais procurado”. A pêra portuguesa e os queijos tradicionais, principalmente o queijo da serra, são outros produtos com potencial para exportação.No sector têxtil e de produtos para o lar, destacam-se como oportunidades de negócio o vestuário masculino de alta qualidade, a roupa de cama (colchas), as porcelanas, as cerâmicas e vidros, a cutelaria e os produtos de hotelaria, refere ainda o estudo.A ampliação ou construção das redes de água e saneamento básico, gás, energia eléctrica e energia eólica, assim como a construção de todo o tipo de infra-estruturas, são também oportunidades identificadas pela Nersant.Segundo o documento, a associação empresarial detectou ainda no mercado brasileiro a necessidade de bens de consumo intermédio e de equipamentos, tais como máquinas eléctricas e instrumentos mecânicos, reactores e motores, produtos químicos orgânicos, cortiça, componentes auto, entre outros.A Nersant está a elaborar guias de apoio à exportação para diversos mercados internacionais, como o francês, o moçambicano, o espanhol e o angolano, no âmbito do projecto InfoPME.Estes guias têm como objectivo estabelecer orientações nos processos de exportação, identificar as preocupações que as empresas da região devem ter antes de exportar e dar a conhecer as oportunidades de negócio em diversos mercados, afirma a associação em comunicado.No âmbito do esforço de internacionalização, a associação prossegue com a organização de missões empresariais a diversos países, estando a próxima agendada para o início de 2012 a Moçambique (províncias de Maputo e da Beira).Os empresários ribatejanos terão reuniões bilaterais com empresários moçambicanos, reuniões institucionais e reuniões de apresentação das oportunidades de negócio deste mercado, conduzidas por organismos empresariais e financeiros locais, afirma a Nersant, sublinhando os “bons resultados práticos” das missões anteriores a este país africano.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...