uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Novo quartel dos bombeiros de Samora está praticamente pronto

Edição de 28.12.2011 | Sociedade
A população de Samora Correia, concelho de Benavente, cansou-se de esperar pela inauguração do novo quartel dos Bombeiros Voluntários de Samora Correia, localizado na Várzea das Vinhas, junto à Estrada Nacional 118. Foram muitas as datas avançadas para a conclusão dos trabalhos que foram sendo sucessivamente adiados, mas agora parece que é de vez. Embora ninguém da direcção queira avançar uma data para não criar novamente falsas expectativas, já só falta tratar de alguns pormenores e a mudança de instalações deverá acontecer já em Janeiro.As obras do novo quartel iniciaram-se a 17 de Novembro de 2008. O comandante Miguel Cardia aproveitou para explicar na última assembleia-geral dos bombeiros realizada no dia 22 de Dezembro os motivos que conduziram a uma longa espera. “Os empreiteiros estão como sabemos descapitalizados e pediram-nos ajuda e compreensão. Foi o caminho que escolhemos. Tivemos de agarrar as rédeas e trabalhar directamente com eles para a obra evoluir. O outro caminho seria mandar embora o empreiteiro, mas aí saberíamos que a obra ficaria mesmo a meio porque perante as actuais circunstâncias mais nenhuma empresa agarraria no projecto”, explicou. O longo calvário percorrido valeu a pena, na opinião do comandante, que classifica o novo quartel de “excelente”. Falta neste momento ultimar alguns pormenores relacionados com as telecomunicações, mas os bombeiros vão começar em breve a mudar algum mobiliário. Situado numa zona de alto risco sísmico e com solos de níveis freáticos elevados, o novo quartel incorpora na sua construção várias técnicas de engenharia anti-sísmica para resistir a um cenário de terramoto. O novo quartel custou perto de 1,5 milhões de euros. A Câmara de Benavente financiou as obras em 500 mil euros e a Autoridade Nacional de Protecção Civil também em igual quantia. A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Samora Correia espera agora vender o terreno onde se situa o actual quartel por cerca de 400 mil euros, existindo já um contrato de promessa de compra e venda. Se este cenário não se concretizar, a corporação entrará numa situação financeira complicada. O novo quartel terá três camaratas que permitirão a permanência de 30 operacionais. O espaço está projectado para acolher 22 viaturas. Praticamente todo o recheio foi doado, cabendo agora à associação comprar as camas e colchões. A associação tenciona avançar com a instalação de um heliporto num terreno contíguo se conseguir financiamento para o projecto.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...