uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Protocolo para monitorizar eficiência energética de edifícios municipais de Santarém

Edição de 07.03.2012 | Economia
Técnicos do Instituto de Investigação e Desenvolvimento Tecnológico em Ciências da Construção - IteCons, organismo associado à Universidade de Coimbra, vão monitorizar e avaliar a eficiência energética e sustentabilidade de edifícios municipais do concelho de Santarém como os centros escolares de Alcanede e do Jardim de Cima, ou o edifício do Conservatório de Música. O protocolo de cooperação entre a Câmara de Santarém e o IteCons vai ainda abranger projectos que estejam em fase de estudo ou de construção, como o Centro Escolar do Sacapeito, corrigindo eventuais erros de projecto ou de edificação e instalação. O acordo entre as partes foi rubricado pelo presidente do IteCons, Pedro Tadeu, e pela vereadora da Câmara de Santarém, Luísa Féria, ao início da tarde de segunda-feira, na sala da assembleia municipal.Luísa Féria salientou a importância da parceria e lembrou que a Câmara de Santarém obteve, com o Centro Escolar de Alcanede, o primeiro edifício certificado energeticamente pelo sistema Líder A de construção sustentável, fruto de protocolo assinado em 2008 com o Instituto Superior Técnico. “Com o protocolo com o IteCons vamos aferir se as medidas aplicadas em edifícios construídos estão a resultar, seja a sua eficiência energética, a acústica, a qualidade do ar, entre outros factores”, exemplifica Luísa Féria. O ambiente e a sustentabilidade são cada vez mais importantes na gestão de edifícios, assim como as acções de sensibilização a realizar pelo país, como o seminário que decorreu a seguir à assinatura do protocolo sob o tema “Conceitos para a avaliação e optimização de soluções construtivas”, destacou Pedro Tadeu. O presidente do IteCons referiu que, a par das acções de sensibilização, vão ser monitorizados edifícios, inventariadas e divulgadas boas práticas junto de técnicos, projectistas, construtores e autarcas, em edifícios construídos ou a construir. “Santarém foi um dos municípios escolhidos pela sua preocupação com a sustentabilidade”, acrescentou Pedro Tadeu.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...