uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Biografia de Albino Maria lançada em Rio Maior

“As palavras, referências e elogios foram todas gastas no livro”, confessava o autor de “Albino Maria um prémio ao desporto”, durante a apresentação do volume que homenageia a figura de Albino Maria, numa sessão realizada no 14.º aniversário da Escola Superior de Desporto de Rio Maior (ESDRM), dia 8, naquela cidade.

Edição de 14.03.2012 | Desporto
Doutorado em Ciências do Desporto e vencedor do Prémio Albino Maria de desporto em 2010, Carlos Januário elaborou a biografia de Albino Maria com a ajuda da família. Investigou estudos, trabalhos, actas do seu visado que nunca conheceu pessoalmente, apenas através do prémio conquistado. O autor agradeceu à ESDRM e à secretaria de Estado da Juventude e Desporto, representada por Alexandre Mestre, o apoio institucional à edição dos mil exemplares do livro, distribuídos gratuitamente na sessão. “Albino Maria fica marcado na história pela sua obra pelo desporto e em prol da actividade física em Portugal”, comentou Carlos Januário.Ao longo de mais de 160 páginas o autor passa por todas as facetas profissionais que Albino Maria encarnou. Desde a de professor no Cartaxo, Rio Maior e Santarém, a treinador de basquetebol, dirigente de clubes e associações, a vereador da autarquia escalabitana, sem esquecer os vários cargos por onde passou como gestor. É hoje patrono de prémio com o seu nome da ESDRM e da Taça fundação Inatel 2009, em homenagem póstuma. Nasceu a 18 de Dezembro de 1995, nas Fontainhas, arredores de Santarém, e viu o seu trajecto interrompido em 19 de Outubro de 2009, vítima de doença.O ex-presidente da Câmara de Rio Maior e actual vereador, Silvino Sequeira, foi convidado para apresentar o livro ao auditório. Recordou quando convidou Albino Maria para ser director de departamento da autarquia. “Era um visionário, sem medo de mudar ou de inovar, que via a vida pública como fim e não como meio”, realçou. Recordou como se empenhou na criação da ESDRM mas considera que Albino Maria foi ainda mais decisivo a nível nacional contribuindo para a introdução das actividades de enriquecimento curricular nas escolas. “Talvez seja este o seu legado mais importante, o de ter conseguido que centenas de milhares de crianças pudessem aceder às AEC’s”, afirmou, terminando a intervenção de forma emocionada. A viúva de Albino Maria, Olga Moreira, marcou presença na sessão com os dois filhos e elogiou o trabalho de quem apenas conhecia o seu marido como patrono de um prémio, salientando que soube ser rigoroso no trabalho e transparecer emoção na obra escrita. “É um legado que deixa à nossa família, filhos, netos, como o Salvador, recém-nascido, de seguirem o código de conduta do pai e do avô”, sublinhou Olga Moreira, manifestando o seu orgulho pelo que foi dito na sessão e escrito no livro. O secretário de Estado da Juventude e Desporto, Alexandre Mestre, lembrou o apoio dado pela tutela à edição do livro para retratar um excelente e brioso profissional. “Quanto à finalidade da política desportiva, o desporto não é um fim em si mas um meio para a saúde, a educação, o lazer, a economia e o divertimento”, afirmou o secretário de Estado, citando Albino Maria, para destacar a sua ética e coerência.A edição de mil exemplares de “Albino Maria um prémio ao desporto” esteve a cargo da Escola Superior de Desporto de Rio Maior, com apoio da tutela do Desporto mas também dos Municípios de Rio Maior e Santarém.“Prémio Albino Maria 2011” para Miguel PachecoO prémio Albino Maria de Investigação e Desenvolvimento em Desporto foi atribuído na mesma sessão ao trabalho “A sustentabilidade das piscinas municipais de Lisboa - factores que determinam a sustentabilidade em instalações desportivas”, que esteve a cargo de Miguel Pacheco, chefe de divisão da Câmara de Lisboa, responsável pelas instalações desportivas. “Cruzei-me com Albino Maria ao longo da carreira profissional e foi um dos meus «heróis» na investigação”, afirmou emocionado ao público que quase encheu o cineteatro de Rio Maior.Dada qualidade do segundo colocado, de entre cinco trabalhos candidatados, o júri decidiu atribuir uma menção honrosa a Luic Pedras, com “Detecção e designação de talentos - plano de estudo para a preparação do programa olímpico Rio 2016”, informou Pedro Raposo, da organização do prémio.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...