uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
AIP diz que fundo de recapitalização da banca deve ser usado em prol das empresas

AIP diz que fundo de recapitalização da banca deve ser usado em prol das empresas

Edição de 14.03.2012 | Economia
O presidente da Associação Industrial Portuguesa (AIP), José Eduardo Carvalho, defendeu segunda-feira que o fundo de recapitalização da banca deve ser usado em benefício das empresas para minimizar os efeitos das restrições de financiamento.“Temos de clarificar que utilização vai ter o fundo dos 12 mil milhões de euros. Se não forem totalmente utilizados, pelas necessidades de recapitalização da banca, então temos de os utilizar em benefício das empresas”, afirmou José Eduardo Carvalho, na abertura de um seminário sobre os incentivos do QREN. O líder da Associação Industrial Portuguesa (AIP) e ex-presidente da Nersant propôs ainda a reprogramação das verbas do QREN de modo a permitir o financiamento das médias empresas através dos Programas Operacionais Regionais, a criação de um fundo de emergência para o financiamento de empresas e um fundo de liquidação de dívidas das autarquias às PME.Já o director-geral da Associação Industrial Portuguesa (AIP), Nelson de Souza, estimou que as autarquias devem cerca de mil milhões de euros às empresas e apontou o sector da construção como um dos mais afectados. Em declarações à Lusa, à margem do seminário sobre incentivos do QREN, Nelson de Souza salientou que é essencialmente a nível autárquico que actuam mais micro e pequenas empresas a nível de fornecimento e que “estas são particularmente castigadas” num contexto de financiamento desfavorável.Entre estas, o sector da construção é “provavelmente” o mais penalizado, por ser particularmente relevante no tecido produtivo, no tecido local de muitas regiões do país”.Questionado sobre se todas as autarquias seriam elegíveis para o fundo de liquidação de dívidas proposto pelo presidente da AIP, Nelson Souza respondeu que é ao Governo que compete definir as regras nesta matéria. “O que queremos é que sejam acelerados os pagamentos às micro e pequenas empresas que fornecem as autarquias e outros departamentos do Estado”, concluiu.
AIP diz que fundo de recapitalização da banca deve ser usado em prol das empresas

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...