uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Nersant apresenta novos produtos do Ribatejo

Nersant apresenta novos produtos do Ribatejo

Associação realizou seminário sobre a importância do design enquanto estratégia empresarial

Edição de 21.03.2012 | Economia
A Nersant - Associação Empresarial da Região de Santarém realizou um seminário sobre a importância do design enquanto estratégia empresarial. Foram apresentados os projectos DESTER - Design e Território e ECOMOVEL, que a associação está a dinamizar. A sessão contou com a presença do presidente da Associação Portuguesa de Designers, Nuno Sá Leal, e de diversos representantes de conceituadas entidades ligadas ao Design.No seminário, que decorreu na sede da Nersant, em Torres Novas, foram apresentados projectos realizados por estudantes ou profissionais de design, efectuados no âmbito do projecto DESTER.Estes projectos tiveram como objectivo a criação de novos produtos para os sectores do mobiliário (incluindo mobiliário urbano) e das rochas ornamentais, considerados dois dos sectores mais importantes da região do Ribatejo. Os projectos foram analisados e criticados por um painel composto por entidades ligadas aos DESTER e ao ECOMOVEL, como o Instituto Politécnico de Tomar, que, através do professor Mário Barros, deu todo o apoio técnico e profissional à realização de cada projecto, a Associação Portuguesa de Designers, o FCBA - Instituto Tecnológico Nacional da Floresta, Madeira e Celulose (França) e ainda várias empresas da região.O projecto “Cadeira Nua”, trabalho idealizado por um dos grupos, caracteriza-se por ser uma peça de mobiliário esteticamente incompleta e, deste modo, personalizada. “A cadeira, na forma de chassis estrutural, pode ganhar vida própria e ser acabada por autores-designers ou autores-artesãos, e posteriormente revendida através do comércio local ou da Internet”, explicou Mariana Silva, uma das designers produtoras deste projecto, acrescentando que a inovação está no conceito de completar a cadeira e de esta personalização poder ser usada como trunfo nas redes sociais. Foram ainda desenvolvidos os projectos “Produção na Praça”, cujo objectivo é dinamizar espaços públicos através do incentivo e recuperação de hábitos comunitários, como a utilização de um forno servindo a gastronomia e artesanato regional; “Rocky”, que pretende aproveitar os enormes desperdícios da extracção e transformação da pedra, para a construção de um banco público construído por lâminas; “CSS”, mobiliário público para a promoção da actividade física com apetrechos relacionados com a música e que produzem som no acto da actividade física; e o projecto “Moving” que, partindo de pressupostos como o envelhecimento da população, o pequeno comércio local e os desperdícios de rochas ornamentais, se caracteriza por um sistema multifuncional, transportável, que cumpre as funções de banca, mesa e meio de transporte de bens e pequenos artigos, pensado para o idoso utilizar em casa, na loja, e também em espaços públicos.A Nersant convidou para este seminário, diversas empresas da região, que escutaram atentamente todas as apresentações. Algumas empresas demonstraram interesse em concretizar as ideias dos designers, pelo que os caminhos para a competitividade empresarial ficaram desde logo abertos.ECOMOVEL foi apresentado durante o seminárioEspecialmente direccionado para o sector do mobiliário, a Nersant está também a dinamizar o ECOMOVEL, que tem como objectivo a promoção do eco-design neste sector. Aproveitando a apresentação dos trabalhos relacionados com esta área e a presença de diversas empresas do sector no seminário, a Nersant convidou um dos seus parceiros do ECOMOVEL, o FCBA - Instituto Tecnológico Nacional da Floresta, Madeira e Celulose (França), que através de Yoann Montenot apresentou um conjunto de ferramentas disponíveis para as empresas que necessitem de actualizar ou desenvolver competências nos domínios da concepção ecológica, como por exemplo, o VIA 2012 (catálogo de produtos no sector do mobiliário) e a Inovathèque (base de dados online).O ECOMOVEL visa ainda o intercâmbio de ideias (não só ao nível nacional, mas também ao nível internacional), entre a vertente técnica e a vertente especialista, que permitam colocar em prática os resultados do projecto, através da promoção de contactos conjuntos entre designers, empresas, centros tecnológicos e instituições de ensino. Neste sentido, a Nersant e a UAERLVT, líder do projecto, consideraram de extrema importância a sua apresentação perante o conjunto de designers que participaram no workshop do DESTER, o Instituto Politécnico de Tomar e ainda as diversas empresas convidadas.
Nersant apresenta novos produtos do Ribatejo

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...