uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Construção da nova escola Ruy de Andrade do Entroncamento já começou

Construção da nova escola Ruy de Andrade do Entroncamento já começou

No terceiro período parte dos alunos irão ter aulas em contentores climatizados
Edição de 28.03.2012 | Sociedade
Estão a ser implantados numa zona adjacente ao campo de jogos, os pré-fabricados onde parte dos alunos da Escola Ruy de Andrade, no Entroncamento, irão ter aulas depois das férias da Páscoa. Durante a paragem das actividades lectivas vai ser transferido para esses monoblocos o mobiliário dos sectores 1 e 2, os primeiros a ser demolidos. A retirada da cobertura dos mesmos, constituída por placas de fibrocimento, contendo amianto está também prevista para essa altura.Segundo uma nota da Câmara Municipal do Entroncamento, a calendarização dos trabalhos, que envolvem a demolição faseada da escola para a construção de uma nova no mesmo local, com excepção do pavilhão desportivo (que apenas sofrerá obras de remodelação), foi feita de molde a preservar a segurança de alunos, professores e funcionários e a prejudicar o menos possível as actividades lectivas. O final das obras está previsto para 30 de Junho de 2014.A Câmara Municipal garante que “o espaço que contém os monoblocos será dotado de um sistema de videovigilância e iluminação exterior”, terá telefones, ligação à Internet, uma zona exterior coberta e casa de banho para ambos os sexos. A autarquia, como proprietária do edifício, assume todas as despesas inerentes ao processo de mudança e reinstalação dos equipamentos. Ainda de acordo com a informação disponibilizada pela autarquia, “Numa fase posterior, os alunos que estão nos monoblocos, passarão para a parte do edifício já remodelada, procedendo-se, então, à mudança dos alunos dos sectores 3 e 4 para os monoblocos. Posteriormente serão desmantelados os sectores 3 e 4. Devido às inúmeras valências que aloja, o sector Polivalente será demolido, apenas, na fase final da obra”. No decurso das obras existirão passagens de segurança, com vedação para os alunos, professores e funcionários, de modo a assegurar a sua segurança. Recorde-se que o custo total da obra é de 6 milhões de euros comparticipados através de fundos comunitários (80%), sendo a componente nacional suportada pelo Ministério da Educação e Ciência (20%). Estão previstos cerca de 5.300.000 euros para a obra civil, 515.000 euros para o equipamento e apetrechamento e cerca 185.000 euros para projectos de especialidade.
Construção da nova escola Ruy de Andrade do Entroncamento já começou

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...