uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Estudantes doam livros para que outros alunos os reutilizem

Estudantes doam livros para que outros alunos os reutilizem

Município de Vila Franca de Xira lança projecto para facilitar acesso a manuais escolares
Edição de 28.03.2012 | Sociedade
Quatro estudantes do concelho de Vila Franca de Xira, representantes de associações juvenis e de associações de estudantes, doaram simbolicamente livros do ensino secundário ao projecto “Banco do Livro Escolar” para que outros alunos possam aproveitar esses mesmos manuais. Liliana Cruz, 21 anos, estudante do 4º ano de Direito e vice-presidente da Caminhar com Rumo - associação juvenil de Alverca, Guilherme Duarte, 17 anos, aluno do 12º ano e presidente da associação de estudantes da Escola Secundária Alves Redol, Tomás Costa, 18 anos, estudante do 12º ano e presidente da Associação de Estudantes da Escola Reynaldo dos Santos e Renato Baptista, 19 anos, aluno do 12º ano e vice-presidente da Associação de Estudantes da Escola Secundária Alves Redol, entregaram livros de matemática, português e geografia na esperança de que possam ser úteis a outros estudantes. O Banco do Livro Escolar, um projecto de âmbito nacional de iniciativa privada, tem por objectivo a troca gratuita de livros escolares, adoptados pelo Ministério da Educação, entre alunos do ensino básico e secundário. São recebidas ofertas de livros escolares, novos ou usados, que serão disponibilizados depois a quem deles necessitar.A Casa de Juventude de Alverca constitui-se como a central de funcionamento deste Banco. Os pontos de recolha alargam-se no entanto às Bibliotecas Municipais de Vila Franca de Xira, Póvoa de Santa Iria, Forte da Casa e Vialonga, bem como ao Bibliomóvel, sempre que este se deslocar ao Sobralinho, Alhandra, Cotovios, Castanheira, Cachoeiras e Calhandriz.O vereador com o pelouro da educação na Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, Fernando Paulo, explica que este projecto se insere na política de apoio às famílias possibilitando a reutilização dos manuais. O autarca lembra no entanto que só é possível promover esta prática se os próprios manuais forem “preparados para a reutilização”. Fernando Paulo espera que em Portugal se dêem passos importantes nesta matéria à semelhança do que já acontece em outros países.O projecto do “Banco do Livro Escolar”, bem como a criação de um catálogo colectivo online, foram lançados na tarde de sexta-feira, 23 de Março, na Biblioteca Municipal de Alverca (Centro Comercial Parque, 1.º piso). O catálogo colectivo online vai integrar o fundo documental existente quer na rede de bibliotecas municipais quer nas bibliotecas escolares do concelho. A inovação está no facto do leitor poder, ao mesmo tempo, consultar o acervo disponível em todas as bibliotecas do concelho. Para o desenvolvimento deste projecto foi assinado com os agrupamentos escolares do concelho um protocolo de colaboração.A representante da Direcção Geral do Livro e das Bibliotecas, Célia Heitor, lembra que é sobretudo em alturas de crise que as bibliotecas são mais necessárias: “É lá que as famílias encontram os bens a que deixaram de poder aceder”, rematou.
Estudantes doam livros para que outros alunos os reutilizem

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...