uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Uma professora que vive para a dança

Uma professora que vive para a dança

Meia centena de alunos aprendem dance fusion e baby ballet na EDADES

Marta Salsinha nunca desistiu do sonho de seguir uma carreira artística e mal acabou o curso de dança na Escola Superior de Dança de Lisboa arranjou logo emprego. A professora de dança apresenta no dia 31 de Março e 1 de Abril com os seus alunos uma Gala da Disney no Cine Teatro de Benavente.

Edição de 28.03.2012 | Sociedade
“A dança é quem eu sou. Faz parte de mim”. É desta maneira que a jovem Marta Salsinha, de 22 anos, se define. A professora do concelho de Benavente nunca deixou de acreditar numa carreira ligada à dança e rapidamente arranjou emprego. Hoje ensina perto de meia centena de alunos na escola EDADES, uma colectividade ligada aos Bombeiros Voluntários de Benavente. Marta Salsinha diz que não tem profissão. Ensinar dança é para esta jovem como respirar. Uma das recordações de criança mais antigas que guarda é exemplificativa: “Era muito pequenina e lembro-me de o meu pai colocar o Julio Iglesias a tocar e eu me sentir a flutuar”. Hoje ainda é assim. Ouve uma música qualquer e começa logo a imaginar toda a coreografia. O primeiro contacto com a dança só aconteceu por volta dos oito anos, já depois de ter passado pela ginástica e natação em colectividades de Benavente. Quando ouviram falar da escola de danças de salão dos Bombeiros Voluntários de Benavente pediu à mãe para se inscrever. O sonho de menina de se sentir a flutuar dançando começou a materializar-se e aos 13 anos Marta Salsinha já tinha metido na cabeça que o seu futuro passaria pela dança. “A minha mãe nunca gostou muito da ideia porque se já com outros cursos era difícil arranjar emprego, nas artes imaginava que ainda deveria ser pior. Mas um dia leu num livro que se a filha desejasse seguir dança, a mãe deveria deixar”, recorda a rir-se. O certo é que a mãe interpretou o conselho como um sinal e deixou a filha alimentar o sonho. Depois de nove anos de competição em danças de salão, Marta Salsinha abandonou a colectividade para ingressar na Escola Superior de Dança, em Lisboa. Terminado o curso, as perspectivas de emprego não eram muito boas. A jovem resolveu deixar Lisboa e apostar no concelho de Benavente e arredores. Facilmente começou a dar aulas em alguns ginásios e o convite para regressar à escola EDADES desta vez como professora acabou por surgir. Introduziu duas novas aulas - Dança Fusion que junta vários estilos, desde o hip hop à música clássica; Baby Ballet dirigida às crianças para aprenderem os primeiros passos de iniciação ao ballet. Neste momento tem perto de meia centena de alunos e o entusiasmo dos mais pequenos é notório. “Procuro ser uma amiga e transmitir alguns valores e noto que muitos dos alunos demonstram já vontade de seguir uma carreira ligada à dança”, explica a professora. Continua a tirar alguns cursos e não esconde o sonho de estudar dança, um dia, noutro país. Por enquanto vai continuar a viajar com as coreografias que vai criando. Disney invade Benavente a 31 de Março e 1 de AbrilOs clássicos da Disney vão subir ao palco do Cine Teatro de Benavente nos dias 31 de Março e 1 de Abril. Meia centena de alunos da escola de dança EDADES dos Bombeiros Voluntários de Benavente vão encarnar personagens da Disney num espectáculo de dança. A EDADES, com 14 anos de existência, tem na gala o ponto alto de todo o ano lectivo. “Felizmente nesta escola temos muitas crianças apaixonadas pela dança e contamos sempre com o apoio dos pais”, diz Marta Salsinha.
Uma professora que vive para a dança

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...