uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Rafael Holzheimer é uma jovem promessa nos trampolins

O ginasta está dividido entre Portugal e Alemanha

Tem 16 anos e é um dos talentos promissores do Clube de Trampolins de Salvaterra de Magos. Rafael Holzheimer abandonou a natação de alta competição para se dedicar apenas aos trampolins. Gostava de ter mais apoio por parte dos professores na escola. Espera tirar o curso de Finanças Empresariais, mas abandonar os trampolins não está para já nos seus objectivos.

Edição de 02.05.2012 | Desporto
Rafael Holzheimer apaixonou-se pelos trampolins quando entrou para o Clube de Trampolins de Salvaterra de Magos aos 10 anos. Hoje, com 16 anos, é uma jovem promessa da modalidade. No Campeonato da Europa de Trampolins, que terminou no dia 14 de Abril, em São Petersburgo, na Rússia, conquistou a medalha de ouro em duplo mini trampolim por equipas na categoria de juniores e o 11º lugar nos trampolins. Com dupla nacionalidade, espera daqui a uns anos integrar a selecção alemã de trampolins. Um acaso conduziu Rafael Holzheimer, de Foros de Salvaterra, ao Clube de Trampolins de Salvaterra. Depois de assistirem a uma demonstração da modalidade em Salvaterra, a mãe e os dois irmãos desafiaram-no a entrar. Rafael já praticava natação de alta competição, mas resolveu aos 10 anos experimentar a nova modalidade. Durante um ano e meio dividiu-se entre a escola, a natação e os trampolins. A carga física era pesada, o tempo para a escola pouco, e o jovem decidiu abandonar a natação para se dedicar à modalidade que começou a apaixoná-lo cada vez mais. Os resultados começaram a aparecer e alcançou o sexto lugar no mundial de 2009 em duplo mini trampolim e o sétimo lugar no mundial de 2011 também em duplo mini trampolim. Treina de segunda a sexta, entre as 18h00 e as 21h30, depois de sair das aulas do 11º ano na Escola Secundária de Salvaterra. O tempo livre não é muito, mas diz que os verdadeiros amigos sabem que a sua disponibilidade é menor. O clube de trampolins também se tornou uma segunda casa e muitas das suas amizades passam por ali. Tem pena de alguns professores o desincentivarem de continuar nos trampolins. “Dizem-me para sair porque isto não me vai pôr a comida na mesa”, revela. Na sua opinião, os professores deveriam ter outra atitude e ajudar todos os jovens que são atletas de alta competição. Pretende tirar o curso de Finanças Empresariais porque se dá bem com números e economia, mas espera dentro de dois anos mudar-se para a Alemanha, onde o pai reside, e prosseguir lá os estudos. Diz que vai sentir muitas saudades da equipa portuguesa, mas vai tentar integrar a selecção alemã de trampolins. “Não me sinto nem mais português nem mais alemão por isso não me custa representar nem uma nem outra”, explica. Já tem até alguns clubes da Alemanha debaixo de olho para onde poderá ir treinar. Não sabe até quando vai continuar a praticar a modalidade. “Só desisto quando não conseguir conciliar com a minha restante vida. Talvez quando começar a trabalhar seja mais difícil”, conclui. São muitos os sonhos que tem para o futuro, mas um dos principais é conseguir participar nos Jogos Olímpicos de 2016.Ana Robalo conquista novos títulosA ginasta Ana Robalo, que recentemente foi distinguida por O MIRANTE como Personalidade do Ano na categoria de Desporto Feminino, conquistou a medalha de prata, individual, em duplo mini-trampolim e conquistou a medalha de prata por equipas também em duplo mini trampolim no Campeonato da Europa de Trampolins, que terminou a 14 de Abril, em São Petersburgo, na Rússia. Há já algum tempo que Ana Robalo andava com uma “perda de saltos”, ou seja, quando chegava ao momento de saltar não conseguia porque bloqueava. Esses momentos parecem agora estar mais distantes. “Umas semanas antes de participar no campeonato o problema de saltos começou a passar. Estes resultados deram-me uma nova motivação e agora sinto-me mais confiante”, disse.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...