uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Junta de Fazendas de Almeirim multada por destruição de sobreiros

Edição de 09.05.2012 | O Mirante dos Leitores
Os autarcas que encomendaram o serviço de desmatação à empresa não podem alegar desconhecimento do que se passou e é incorrecto atacarem quem possa ter denunciado a situação. Primeiro que os interesses da Junta de Freguesia estão os interesses nacionais. A cortiça é o produto mais exportado por Portugal e por isso gera riqueza. O sobreiro é uma árvore protegida. Não se pode encarar uma questão destas com leviandade. O presidente da Junta de Freguesia deveria pedir desculpa pelo sucedido, assumir as suas responsabilidades e, nesse sentido, promover uma acção contra a empresa que fez o trabalho mal feito. Isto se, como é dito, não mandou proceder ao abate das árvores. A destruição de sobreiros não pode ser vista como um caso sem importância.Madalena Frazão de Mattos

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...