uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Ourives que foi sequestrado e torturado volta a ser assaltado

Edição de 09.05.2012 | Sociedade
O ourives de Benavente, Armindo Santos, de 69 anos, que em Março foi sequestrado e torturado durante nove horas na sua casa, juntamente com a sua mulher, voltou a ser agredido num assalto ao seu estabelecimento. Os ladrões entraram na ourivesaria “O Campino”, localizada em Benavente, na manhã de 2 de Maio. Os assaltantes acabaram por fugir sem levar artigos quando Armindo começou a gritar por socorro. Agora, com receio de novos assaltos, o ourives pondera acabar de vez com o negócio. O assalto à ourivesaria ocorreu em pleno dia, por volta das 11h30. Dois homens encapuzados entraram no estabelecimento empunhando cada um uma pistola. Na altura estava um cliente no espaço. “Primeiro empurraram o cliente e quando ele caiu agrediram-no na cara com a arma. Depois deram-me a mim com a coronha da pistola ao mesmo tempo que eu gritava por ajuda”, explica. Na rua os populares ouviram os gritos e alguém ligou de imediato para a GNR de Benavente. Vendo pessoas a aproximarem-se, os larápios saíram logo da loja. Entraram num carro onde estava um terceiro elemento e fugiram. A GNR não os conseguiu apanhar.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...