uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Vila Franca mantém fogo de artifício no Colete Encarnado mesmo em época de crise

Maria da Luz Rosinha diz que vale a pena gastar 7500 euros para “alegrar a alma”
Edição de 09.05.2012 | Sociedade
Vila Franca de Xira vai manter o fogo de artifício nas festas do Colete Encarnado apesar da crise financeira que o país atravessa. A presidente do município lembra que o montante, que já foi reduzido o ano passado face aos constrangimentos financeiros, não é significativo. Para Maria da Luz Rosinha (PS) vale a pena fazer esta despesa de 7300 euros tendo em conta os dias que se vivem. “As pessoas precisam de algo que lhes alegre a alma”, justificou.O executivo já aprovou o lançamento de fogo de artifício e balonas (peça pirotécnica que explode no ar lançando fogos de cor) para o Colete Encarnado e também para a Feira de Outubro/Salão de Artesanato. Na última reunião de câmara, realizada na tarde de quarta-feira, 2 de Maio, os vereadores da CDU, que se abstiveram na votação da proposta, questionaram a autarca sobre a tradição associada ao lançamento de fogo de artifício. Maria da Luz Rosinha explicou que o fogo existe no Colete Encarnado há apenas 10 anos mas já faz parte do imaginário da feira. “Se fosse um fogo de artifício como na Madeira havia razão para preocupação mas não é o caso”, comentou com ironia.A autarquia considera que a contratação de fogo de artifício se revela ainda “importante para a promoção cultural e turística do município” durante os eventos. Este ano realiza-se a 80ª edição da festa do Colete Encarnado entre 6 e 8 de Julho. Todos os anos o evento leva centenas de visitantes à cidade ribeirinha para ver as largadas de toiros, ponto forte do certame. Ao contrário de Vila Franca de Xira, que tem todas as contas pagas, Azambuja já anunciou que não terá este ano fogo de artifício na Feira de Maio por razões de poupança. As sardinhas não serão oferecidas pela câmara às tertúlias, como habitualmente, e só serão distribuídas aos convivas que se encontrarem nas ruas na sexta-feira, noite da sardinha assada.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...