uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Uma alegria que vem de muito longe no tempo

Entrada de toiros, touradas, folclore, juventude e José Cid
Edição de 16.05.2012 | Especial Ascensão
No programa da Ascensão na Chamusca para Quinta-feira, 17 de Maio, há um acontecimento que surge adjectivado. “Espectacular Entrada de Toiros”. Podia estar apenas: Entrada de Toiros como Festival de Folclore ou Encontro de tocadores de cana rachada mas seria uma grave falha da organização tratar um dos mais esperados momentos da festa como um outro qualquer evento. A hora marcada para o início da Espectacular Entrada de Toiros é 12h30. Toda a gente sabe que a mesma só irá acontecer mais tarde. Toda a gente sabe que a concentração na Estrada Nacional 118 que se chama Rua Direita de S. Pedro no troço que atravessa a vila, começa umas duas ou três horas antes. Antigamente os toiros que passavam escoltados por campinos eram os que seriam lidados na corrida das 5 da tarde. De há muitos anos para cá quem desfila são toiros bravos usados apenas para aquele tipo de encenação.Quando a carrinha da organização passa a abrir caminho para cavaleiros, campinos, cabrestos e toiros a multidão agita-se e os mais jovens tentam distrair os animais para ver se algum fica para trás. Quando conseguem concretizar a proeza o divertimento é total. Um ou dois toiros isolados, desencabrestados, fazem as delícias dos adeptos da festa brava, dão trabalho que se farta aos campinos e põem a organização com cabelos em pé receando estragos e feridos. Na Quinta-feira de Ascensão há também um Festival de Folclore a partir das 15h30 com ranchos e grupos de danças e cantares do concelho. No irreverente Palco da Juventude, local de encontro dos mais novos, tocam nessa noite os “Meninos da Sacristia”No sábado há um chamusquense ilustre que está de corpo e alma com a festa. Uma lenda do rock português que tem no seu reportório canções com imagens e emoções ribatejanas. José Cid ocupa o palco com o seu quarteto a partir das 22h00 e é imperdível. A terminar fica o conselho que se dá sempre nestas alturas. Consulte o programa e escolha aquilo de que mais gosta ou então vá à aventura e perceba que a animação é total.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...