uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Casal de ex-emigrantes mostra fenómenos da natureza

Edição de 16.05.2012 | Sociedade
Foi na vivenda de Cândido e Elisa Pereira, localizada perto da Junta de Freguesia da Atalaia, concelho de Vila Nova da Barquinha, que O MIRANTE encontrou mais dois fenómenos da mãe natureza: uma laranja com 750 gramas e uma batata com 857 gramas. O casal, que esteve emigrado em França durante quarenta anos, regressou a Portugal no ano passado e confessa-se fã de frutos e vegetais fora do comum, tendo já cultivado um nabo com mais de dois quilos. A batata, que estava em exposição numa banca de venda de frutas e legumes junto à Rotunda do Moinho Novo, a caminho do Castelo Bode, em Tomar, foi regateada apenas com o fim de vir a ornamentar a marquise do casal. “Estava em exposição mas insisti que a queria comprar e assim foi”, contou Cândido, enquanto segurava o exemplar numa mão. Já a mega laranja veio da laranjeira do quintal deste simpático casal e foi apanhada há quinze dias pelo que já perdeu algum peso e volume. Comparando estes dois frutos com os seus congéneres em tamanho regular a diferença é notória. O casal não vai comer a laranja nem usar a batata para fazer sopa, preferindo que sequem ou apodreçam. Explicações exactas para estes fenómenos, tão perto do Entroncamento, não as há mas o casal de emigrantes é da opinião que devem estar relacionados com as variações climáticas.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...