uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Morte súbita aos 18 anos

Miguel Vital, o jovem de Marianos, concelho de Almeirim, era filho único e tinha namorada há mais de um ano.

Edição de 16.05.2012 | Sociedade
A notícia da morte inesperada e repentina de Miguel Vital, no dia 4 de Maio, deixou a população da aldeia de Marianos, concelho de Almeirim, em choque. O jovem de 18 anos, que frequentava o primeiro ano de engenharia na Universidade de Évora, estava sentado em frente ao computador na noite de quinta-feira, dia 3, quando o pai se foi despedir antes de se deitar. Miguel respondeu que ficava mais um pouco antes de se ir deitar também. O que acabou por não acontecer.Na manhã seguinte, os pais encontraram-no já sem vida sentado no local onde o pai o tinha visto pela última vez. Miguel Vital era filho único e não tinha problemas de saúde conhecidos. Familiares e amigos ficaram incrédulos com a notícia da sua morte. “O Miguel era muito divertido, simpático e estava sempre disponível para ajudar os outros. Gostava de se divertir e nunca se meteu em confusões”, refere uma amiga, visivelmente emocionada com a morte do amigo.O funeral realizou-se no dia 8 e juntou centenas de familiares e amigos no cemitério de Marianos. O ambiente era de dor e consternação pelo desaparecimento inesperado do jovem. Após a notícia da morte de Miguel Vital o mural da sua página no facebook foi inundado com dedicatórias e mensagens de saudade pelo desaparecimento do amigo. O mais emocionante foi o da namorada de Miguel, Eunice Beijinho.“Espero que não tenhas sofrido, nem sequer te tenhas apercebido do que aconteceu. Que tenhas adormecido para acordar no dia seguinte. Que estejas aí em cima a olhar por nós. Gostava que pudesses ver o mar de gente que tirou um tempo da sua vida para te acompanhar na despedida, toda a gente que te adora, os teus familiares, amigos e colegas. Eras verdadeiro, romântico, fiel, amigo genuíno, sempre com um sorriso para quem precisasse. A vida é tão injusta”, publicou a jovem no mural do facebook do namorado.Morte súbita pode acontecer a qualquer pessoaO médico legista e de saúde familiar, Artur Barbosa, explica que os números de falecimentos por morte súbita mantêm-se sem alterações nos últimos anos. A principal causa para a morte súbita deve-se a problemas cardiovasculares, que não se detectam nos exames médicos. O médico refere ainda que pode haver uma predisposição genética, embora estes casos de morte súbita aconteçam muitas vezes sem “causa aparente”.Os principais sintomas a ter em conta são palpitações, dores torácicas e falta de ar. Artur Barbosa avisa que os sintomas não podem ser desvalorizados devendo realizar-se um check-up com regularidade. Além dos problemas cardiovasculares e predisposição genética há outras causas para a morte súbita nomeadamente medicamentos. “Os medicamentos podem provocar morte súbita devido a alterações do metabolismo ou pode haver também uma reacção do organismo que pode provocar a morte súbita”, afirma, acrescentando que nas pessoas jovens acontece com maior frequência após algum esforço físico.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...