uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Angélica Conceição

Angélica Conceição

41 anos, Antropóloga cultural, Aveiras de Cima - Azambuja

A leitura faz parte da minha vida. Não apenas por questões profissionais mas essencialmente por gosto pessoal. Tenho sempre à cabeceira vários livros que vou lendo em simultâneo

Edição de 23.05.2012 | Agora falo eu
Considera-se aficionada?Não me considero aficionada, embora tenha um interesse pela investigação dos aspectos culturais relacionados com a área da tauromaquia, não só por influência da tradição do concelho em que nasci, mas especialmente porque sou antropóloga de profissão.Costuma assistir à noite da sardinha assada na Feira de Maio de Azambuja? Sim. Agrada-me o ambiente de convívio de rua que se gera especialmente nessa noite bem como a possibilidade de reencontrar amigos de outrora.Era capaz de enfrentar uma enchente no supermercado para conseguir cinquenta por cento de desconto?As multidões e os apertos causam-me claustrofobia. Além disso, situações deste género, na minha opinião, conduzem provavelmente à perda de discernimento quanto às reais necessidades por parte do consumidor, bem como a alguma precipitação na escolha dos produtos.Já começou a pensar nas férias deste ano? O modo como escolhi viver não prevê férias programadas da forma convencional. Prefiro ir gerindo os tempos de lazer e de descanso ao longo do ano de acordo com as minhas necessidades e possibilidades. Cura as constipações à base de mezinhas caseiras ou normalmente vai logo ao médico?Recorro normalmente às medicinas de carácter holístico por convicção, especialmente à terapia bioressonância e à acupunctura, seja para uma constipação ou qualquer outra sintomatologia. Não excluo a medicina convencional quando existe essa necessidade. Concebo o organismo humano como um sistema energético complexo em que existe uma inter-relação entre o físico, o emocional e o mental. Logo, qualquer sintoma ou doença constitui, pelo menos para mim, uma oportunidade de cura a um nível mais profundo.Qual é o seu livro de cabeceira? A leitura faz parte da minha vida. Não apenas por questões profissionais mas essencialmente por gosto pessoal. Tenho sempre à cabeceira vários livros que vou lendo em simultâneo. No entanto faço das mensagens da sabedoria antiga constantes das Escrituras, mais concretamente da Bíblia, os meus temas de reflexão diária.Continua a ir ao cinema ou tornou-se cliente do clube de vídeo?Continuo a ir ao cinema e recorro igualmente à Internet.Considera-se uma escrava da moda ou compra só aquilo de que gosta?Compro apenas aquilo de que gosto.Qual é a melhor maneira de passar uma tarde quente de Verão?Dependerá sempre do momento em si, mas água, sombra e ambientes positivos são-me muito apelativos.Tem alguma horta, mesmo na varanda? Embora ande constantemente a imaginar ter uma pequena horta ainda me encontro apenas na fase das plantas mais autónomas...
Angélica Conceição

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...