uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Jovens querem parque para desportos radicais em Torres Novas

Edição de 23.05.2012 | Desporto
Os skaters de Torres Novas querem um parque radical na sua cidade onde possam treinar as suas manobras e realizar campeonatos nacionais e internacionais que se vão realizando um pouco por todo o país. Manuel Carvalho, 18 anos, participa em campeonatos de skate há cerca de um ano e afirma que sem um skate parque não têm condições para treinar, evoluir e conquistar bons resultados nos campeonatos da modalidade. Quando podem deslocam-se ao Entroncamento ou a Vila Nova da Barquinha, onde existem skate parques. Nos dias em que têm que ficar pela cidade torrejana arriscam e praticam nas escadas de prédios ou no topo do novo parque de estacionamento central, junto à Rodoviária do Tejo. O que nem sempre corre bem porque os moradores queixam-se do barulho e por vezes chamam a polícia e os jovens têm que fugir. “É desagradável não podermos estar à vontade a praticar. Já existem espaços destes em tantas cidades e não é um investimento caro. Não entendo por que é que Torres Novas não avança com um projecto destes também”, afirma o jovem que até já foi multado por andar de skate no passeio.Flávio Paiva, 29 anos, vive em Torres Novas e é organizador de campeonatos de skate. O jovem lamenta que sempre que pretende realizar um campeonato ou um evento de skate tenha que ir para fora da sua cidade. Considera que um parque radical iria dinamizar a cidade e trazer visitantes. “Sempre que organizamos estes campeonatos as cidades estão cheias e é bom para o comércio. É pena que em Torres Novas isso não aconteça”, refere.Flávio Paiva diz que já reuniu com o executivo municipal há cerca de dois meses mas que a resposta não foi clara. O organizador de eventos sugere como espaços onde poderia ser construído o parque radical o largo do novo parque de estacionamento ou um descampado que existe junto ao Almonda Parque. “Podia fazer-se um jardim que integrasse um parque radical. Com a construção de um skate parque tenha a certeza que o número de praticantes iria crescer e a cidade ia ganhar muito mais vida”, conclui.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...