uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Noite da sardinha assada é momento alto da Feira de Maio de Azambuja

Noite da sardinha assada é momento alto da Feira de Maio de Azambuja

Evento promovido como a “festa mais castiça do Ribatejo” decorre de 24 a 28 de Maio
Edição de 23.05.2012 | Especial Feira de Maio
A noite da sardinha assada, que se realiza à sexta-feira, é o momento alto de mais uma edição da Feira de Maio, que decorre em Azambuja de dia 24 a 28. A sardinha, bem como o pão e o vinho, serão distribuídos aos populares a partir da meia noite. Os cinco postos de distribuição funcionarão no sítio do costume: Largo do Rossio, Largo da Fonte de Santo António, Praça do Município, Largo de Palmela e Largo dos Pescadores. Na mesma noite haverá arraiais de música popular até ao romper do dia em vários pontos da vila. No Largo do Rossio toca o conjunto musical “Geração XXI”, no Largo de Palmela o organista Quim Botas anima as hostes e na Praça do Município o grupo “Tres Sangres” garante o ambiente festivo. Haverá programa de fado vadio no Largo da Fonte de Santo António e Largo dos Pescadores. A Bandinha do Castelo vai actuar por todo o recinto da feira. Nessa noite, logo a partir das 21h00, haverá cortejo de campinos com o gado pelas ruas da vila à luz de archotes. Ao contrário do que aconteceu em anos anteriores em 2012 não estão agendados espectáculos musicais, não há pavilhão de artesanato, fogo de artifício nem serão distribuídas sardinhas às tertúlias, mas apenas na rua aos convivas da noite de sexta-feira. Mantém-se o pavilhão da Praça das Freguesias, no Campo da Feira, onde será possível provar a gastronomia típica das freguesias do concelho. Os espaços são explorados por associações do concelho que angariam receitas para desenvolver as suas actividades. A praça das freguesias abre portas na quinta-feira, às 18h00, e nos restantes dias da feira funcionará das 12h00 às 00h00. As colectividades desportivas e recreativas garantem a animação.No primeiro dia da feira, às 12h00, haverá demonstração da confecção do torricado, prato típico do Ribatejo, frente ao Centro Social e Paroquial de Azambuja. Para as 14h00 está marcada uma ferra à antiga seguida de pegas pelas tertúlias, no Largo do Rossio. A inauguração oficial da feira está marcada para as 17h30, na Praça do Município, e conta com a presença do Secretário de Estado da Agricultura, José Diogo Albuquerque. À cerimónia, juntam-se campinos, a fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Azambuja e as tertúlias. Quem se entrega à organização da festa não é esquecido e na sexta-feira, às 18h30 será homenageado José António Maltezinho pela sua dedicação e colaboração na Feira de Maio. No sábado haverá romagem aos cemitérios de Azambuja, Torres Vedras e Vila Franca de Xira.Domingo, 27 de Maio, é dia do campino. Às 9h00 tem início o cortejo de campinos com a banda do centro cultural Azambujense pelas ruas da vila. Meia hora depois, num dos momentos mais solenes da feira, é homenageado o campino José Carlos Semeador na Praça do Município e ser-lhe-á entregue o pampilho com o nome de António Pedro Caio Descalço.
Noite da sardinha assada é momento alto da Feira de Maio de Azambuja

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...