uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Aeroporto de baixo custo em Alverca está dependente da autorização da OGMA

Aeroporto de baixo custo em Alverca está dependente da autorização da OGMA

Governo decide até final de Agosto onde vai instalar o equipamento para servir Lisboa

Até ao fim do mês fica concluído o estudo que apontará qual a melhor localização para o aeroporto que vai complementar o da Portela, Lisboa. Se a empresa aeronáutica OGMA não levantar problemas por ter a pista mesmo ao lado das instalações, Alverca está em boa posição para vencer.

Edição de 23.05.2012 | Sociedade
A instalação de um aeroporto de baixo custo (low cost) em Alverca, Vila Franca de Xira, está dependente da autorização da OGMA - Indústria Aeronáutica de Portugal. O aeroporto, de complemento ao de Lisboa, terá que utilizar as pistas já existentes e que estão ao lado das oficinas da empresa. O estudo encomendado pelo Ministério da Economia para decidir qual será a melhor localização para o novo aeroporto fica concluído até ao fim do mês. Até ao final de Agosto o Governo decidirá se escolhe Alverca ou outras duas localizações que estão a ser equacionadas: Montijo e Sintra. O equipamento receberá até dois milhões de passageiros por ano.Para já as OGMA não prestam qualquer esclarecimento sobre essa matéria. A presidente da Câmara de Vila Franca de Xira diz que já fez tudo o que estava ao seu alcance para que Alverca esteja em condições de ser escolhida. “Está claro que Sintra não tem condições para receber este aeroporto, isso já foi confirmado no Ministério da Economia. Na base aérea do Montijo os militares não estão encantados com a ideia e em Alverca temos a OGMA. Temos tudo para ter aqui o aeroporto, se a OGMA não levantar problemas”, admite Maria da Luz Rosinha (PS). O assunto do novo aeroporto voltou a ser discutido na reunião pública do executivo. Uma das dificuldades sentidas em Alverca é o uso de corredores aéreos semelhantes ao aeroporto da Portela. Situação que, diz a presidente do município, ficará ultrapassada com um estudo que a Navegação Aérea de Portugal (NAV) está a desenvolver com vista à compatibilização dos dois corredores.Se por um lado a chegada do aeroporto de baixo custo a Alverca traria um maior fluxo de pessoas à cidade e um maior desenvolvimento económico há também quem defenda que o aeroporto será responsável por uma pior qualidade de vida. Maria da Luz Rosinha já admitiu por várias vezes que Alverca “seria a melhor escolha”, não apenas pela localização geográfica de proximidade com Lisboa bem como pelos bons acessos rodoviários e ferroviários.
Aeroporto de baixo custo em Alverca está dependente da autorização da OGMA

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...