uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Jovem detido por assaltar ourivesaria dos pais adoptivos estava desempregado

Jovem detido por assaltar ourivesaria dos pais adoptivos estava desempregado

Às autoridades disse que foram más companhias que o levaram a retirar 800 mil em ouro do cofre

O jovem de 24 anos foi detido em Espanha com o carro dos pais adoptivos e ainda na posse do ouro. As autoridades desconfiaram que o assalto tinha sido feito por alguém próximo dos donos da Ourivesaria Ribatejo em Vila Franca de Xira.

Edição de 23.05.2012 | Sociedade
O jovem que foi detido por assalto à ourivesaria dos próprios pais adoptivos, em Vila Franca de Xira, disse às autoridades que foram as más companhias que o levaram a assaltar o estabelecimento. Segundo fonte policial o rapaz de 24 anos de idade e que foi apanhado em Espanha com o ouro no valor de 800 mil euros confessou estar arrependido. O suspeito reside em Samora Correia, concelho de Benavente, e foi adoptado em criança pelos proprietários da ourivesaria Ribatejo, situada na rua Serpa Pinto, a principal artéria de Vila Franca de Xira. Foi devido a esta proximidade que conseguiu obter os códigos do cofre e as chaves do estabelecimento. O facto de não haver sinais de arrombamento tinha intrigado as autoridades quando se deslocaram ao local para tomarem conta da ocorrência.A detenção ocorreu um dia depois do crime, na tarde de 19 de Maio, em Madrid, durante uma operação STOP. Circulava com o carro dos pais, dado como desaparecido na quinta-feira. A família não quer falar do assunto mas os vizinhos e amigos garantem que nada fazia antever este episódio. “São todos pessoas muito honestas e trabalhadoras. O rapaz andava sem trabalho, eu costumava vê-lo por aqui. A desgraça dele foi quando se juntou a um grupo de rapazes que andam metidos em negócios obscuros. Tanto andaram que o aliciaram a roubar o cofre”, conta uma vizinha a O MIRANTE. Um outro amigo da família garante que o jovem estava “desesperado” por não conseguir arranjar trabalho e esperava com o dinheiro do assalto começar uma vida nova noutro país. Fonte policial confirma que a ourivesaria foi assaltada na noite de Quinta-Feira da Ascensão, feriado municipal. O suspeito usou a chave do estabelecimento para entrar, introduziu o código para desactivar o alarme e esvaziou o seu conteúdo. Para não deixar pistas, retirou as imagens de videovigilância do gravador. O assalto milionário só foi descoberto na manhã de sexta-feira quando os proprietários abriram o estabelecimento. Desde o início que se soube que foi um trabalho de alguém próximo dos donos da ourivesaria, revela a polícia, que desconfia que o suspeito tenha tido a ajuda de cúmplices. As investigações da Polícia Judiciária vão continuar nas próximas semanas e o material roubado está à guarda das autoridades.
Jovem detido por assaltar ourivesaria dos pais adoptivos estava desempregado

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...