uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Mulher fugida há três anos começou a responder por tentativa de homicídio de casal

Mulher fugida há três anos começou a responder por tentativa de homicídio de casal

O companheiro da arguida já tinha sido capturado em 2009 e foi condenado a dez anos de prisão
Edição de 23.05.2012 | Sociedade
A mulher que esteve fugida mais de três anos em Espanha acusada de estar envolvida com o seu companheiro numa tentativa de homicídio de um casal em Almeirim foi capturada e já começou a responder no tribunal da cidade. O cúmplice, Henrique do Rosário, residente no mesmo concelho, em Paço dos Negros, também andou fugido, mas já tinha sido apanhado em 2009 pela Polícia Judiciária e condenado em 2010 a dez anos de prisão. Maria Amaral, 43 anos, que tinha um mandato de detenção europeu remeteu-se ao silêncio na primeira sessão do julgamento.O caso remonta a 3 de Janeiro de 2008, quando a arguida e o então companheiro se encontraram com um casal que supostamente estava à procura de terrenos para comprar numa estrada de campo perto da quinta do Casal Branco. Quando o homem foi julgado o Tribunal de Almeirim não chegou a apurar o que é que os casais faziam concretamente no local ermo de noite, existindo várias versões. Na altura em que ocorreu a situação foi comunicado às autoridades que estariam a discutir a compra de terrenos. Em julgamento foi dito que o caso estava relacionado com um negócio de droga. O que a investigação apurou foi que os arguidos, depois de dispararem contra o casal, roubaram uma mala das vítimas que continha objectos pessoais, peças de ouro no valor de mil euros e 320 euros em dinheiro. A acusação do Ministério Público refere que quando as vítimas se preparavam para abandonar a zona, Maria Amaral foi a uma casa abandonada existente nas imediações e retirou uma espingarda caçadeira, que entregou a Henrique. Este disparou três tiros que atingiram o homem nas costas e no braço e a mulher na zona da cabeça, tendo conseguido escapar com vida apesar das lesões graves. Os arguidos fugiram do local a alta velocidade sem pedirem socorro As vítimas, apesar de feridas, conseguiram entrar no jipe em que se faziam transportar e chegar até à Estrada Nacional 118 onde pediram ajuda, tendo sido assistidos por elementos dos bombeiros de Almeirim que passavam no local numa ambulância. A mulher sofreu ferimentos na cara e no pescoço e foi submetida a uma cirurgia plástica no Hospital de Santa Maria (Lisboa). O homem, residente em Vale da Pinta, concelho do Cartaxo, tinha ferimentos no tronco e foi tratado em Santarém.Henrique do Rosário foi apanhado pela Judiciária dois meses após ter sido libertado pelas autoridades de Marrocos, onde cumpriu um ano de prisão por posse de drogas. O arguido também já tinha sido condenado pelo Tribunal de Almeirim em 2001 na pena de 455 euros de multa por condução sem carta e em 2008 na multa de 550 euros por furto.
Mulher fugida há três anos começou a responder por tentativa de homicídio de casal

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...