uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Crise de identidade

Crise de identidade

Edição de 02.01.2013 | O Cartoon da Notícia
A deputada do PS à Assembleia da República e eleita na Assembleia Municipal de Santarém, Idália Serrão, tem vindo a confrontar-se com uma crise de identidade por razões que lhe são alheias mas que lhe têm causado algum incómodo e podem até vir a prejudicar a sua afirmação junto do povo como candidata socialista à presidência da Câmara Municipal de Santarém.Apesar de já se ter separado do conhecido músico Carlos Alberto Moniz há um bom par de anos, a deputada, autarca e candidata continua a ser tratada com frequência nos meandros da política pelo apelido Moniz, do ex-marido, em lugar do nome de guerra que entretanto retomou e que lhe vem do baptismo - Idália Serrão ou Idália Salvador Serrão (porque com três nomes é mais chique).Na última sessão da Assembleia Municipal de Santarém, Idália teve de voltar a repisar em tom admoestador aquilo que vem repetindo há muitos meses, após se ter confrontado com o seu nome erradamente transcrito na acta de uma sessão anterior. E, qual James Bond, deixou claro à assembleia, para memória futura e para que se acabem as trocas: “O meu nome é Serrão, Idália Serrão!”.
Crise de identidade

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...