uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Esclarecimentos da REFER sobre morte de duas adolescentes em Alverca

Edição de 02.01.2013 | Sociedade
“Relativamente à notícia publicada na edição de O MIRANTE 27 de dezembro de 2012, sob o título “Há muita gente a circular na linha do comboio onde morreram duas adolescentes” e pela delicadeza do assunto, entendemos que caberá neste contexto precisar algumas informações que constam na notícia e que, por serem erradas, poderão conduzir a um entendimento deturpado das condições em que este trágico acidente aconteceu e que, naturalmente, muito lamentamos.1. As rampas que existem no lado sul das duas plataformas da Estação de Alverca fazem parte dum caminho de emergência que as interliga com portões de acesso que estão permanentemente fechados e que apenas poderão ser abertos em condições especiais (plano de emergência da estação), não sendo assim verdade o que refere o artigo quanto ao motivo da sua construção. Este acesso pode ainda ser utilizado por técnicos devidamente autorizados e cumprindo com as regras de segurança definidas e só nestes casos.2.Toda a área adjacente à Estação de Alverca está vedada, e em locais estratégicos existe informação da proibição de circulação pela via-férrea. O local onde ocorreu o acidente também está vedado integralmente, pelo que a sua transposição, com maior ou menor dificuldade constituí ato deliberado, de enorme risco.Acresce que qualquer violação do canal ferroviário é proibida por Lei (artºs 19º e 34º do Decreto Lei 276/2003), constitui uma infração sujeita a coima e a consciência da mesma deve estar presente independentemente das condições mais ou menos facilitadas de acesso à ferrovia.”REFER - Direção de Comunicação e Relações Internacionais

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...