uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Dívida da Junta de Alhandra com 18 anos vai começar a ser paga a prestações

Autarquia conseguiu acordo com ADSE que suportou despesas médicas com filho de funcionário que faleceu
Edição de 09.01.2013 | Sociedade
Foram precisos 18 anos para a Junta de Alhandra chegar a acordo com a ADSE - Direcção-Geral de Protecção Social aos Trabalhadores em Funções Públicas para o pagamento a prestações de uma dívida de 27 mil euros. A ADSE adiantou a verba para pagar despesas médicas de um filho de um funcionário da junta que acabou por falecer, mas a autarquia nunca liquidou o valor. Agora conseguiu-se acordar um pagamento em prestações de 500 euros mensais. Ao longo dos anos os vários executivos da junta tentaram chegar a acordo com a ADSE no sentido de pagarem a dívida em prestações mas nunca foi conseguido um acordo entre as partes, porque a ADSE preferia um número de reduzido de prestações para não prolongar a liquidação do montante por muitos anos. Agora com o pagamento em quase cinco anos, a junta pode resolver o problema e continuar a ter dinheiro para as suas despesas de funcionamento num quadro económico complicado.“A ADSE preferia que pagássemos a dívida em 18 meses mas isso é incomportável para os cofres da junta. É um dinheiro mensal que nos faz muita falta mas temos obrigação de pagar a dívida”, explicou Luís Filipe Dias, presidente da junta. Admitindo que este assunto tem estado “parado” por falta de entendimento o autarca mostrou-se satisfeito por ter sido conseguido um acordo. “Foram feitas várias iniciativas para tentar pagar a dívida mas isso nunca foi conseguido”, admite. E confessa que o pagamento teve de começar a ser feito, sob pena de Alhandra ver cortadas as transferências de verbas do Orçamento de Estado, uma situação que, a acontecer, seria ainda mais penalizadora para a junta.A ADSE, recorde-se, é um serviço integrado do Ministério das Finanças e da Administração Pública, dotado de autonomia administrativa que tem, entre outras, a responsabilidade de gerir o sistema de protecção social aos trabalhadores do sector público administrativo. No seu site na Internet a ADSE dá-se a conhecer como entidade que financia as despesas realizadas pelos beneficiários com o tratamento, reabilitação e vigilância da saúde. Também participa na verificação da doença através de visitas domiciliárias e realização de juntas médicas.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...