uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Novos órgãos sociais da Misericórdia de Santarém tomaram posse

Novos órgãos sociais da Misericórdia de Santarém tomaram posse

Equipa renovada continua a ser liderada pelo provedor Mário Rebelo
Edição de 09.01.2013 | Sociedade
Os órgãos sociais que vão gerir a Santa Casa da Misericórdia de Santarém nos próximos três anos tomaram posse na sexta-feira, 4 de Janeiro. Mário Rebelo foi reconduzido como provedor da instituição, tendo a acompanhá-lo na mesa administrativa como membros efectivos Luís Valente, Casimiro Santos, António Braz Pinto, Maria da Conceição Matos, Domingos Santos Silva e Elsa Leal.A assembleia geral passa a ser presidida por Hermínio Martinho, que substitui no cargo o coronel Garcia Correia e será coadjuvado por Nuno Ferreira e Alexandre Reis. O conselho fiscal é composto por António Delgado (presidente), Élio Cunha e Rui Mota.A cerimónia, que decorreu na Igreja da Misericórdia, no centro histórico da cidade, contou com a presença de inúmeras personalidades da cidade e a participação do coro do Círculo Cultural Scalabitano.Nos breves discursos, Garcia Correia, Hermínio Martinho e o bispo de Santarém, Manuel Pelino Domingues, saudaram o trabalho dos elementos que cessaram funções e felicitaram os novos corpos gerentes, desejando-lhes um trabalho profícuo em tempos de grave crise económica e social em que a ajuda aos mais necessitados ganha ainda mais relevância.“Vão ser três anos difíceis mas o que é fácil também não desperta tanta motivação e acredito que dentro de três anos vamos estar tranquilos pelo trabalho feito”, afirmou Hermínio Martinho, acrescentando que a equipa eleita para gerir os destinos da instituição é credora de confiança.Uma instituição de acção com património valiosoA Santa Casa da Misericórdia de Santarém tem por missão “agir concertada e integradamente na comunidade que a envolve, melhorando as condições de vida da sua população”. Ao seu serviço tem cerca de 207 trabalhadores e 40 voluntários, que diariamente vestem a “camisola” da instituição.Em termos de respostas sociais para a infância e juventude disponibiliza a Creche/Pré-Escolar “Os Amiguinhos”, o Centro de Acolhimento Temporário para Crianças em Risco - “1º Passo”, o Centro de Actividades de Tempos Livres - “Quinta do Boial” e o Lar de Infância e Juventude - “Lar dos Rapazes”.O apoio à terceira idade engloba o Centro de Dia, Apoio Domiciliário e Apoio Domiciliário Integrado, Lar de Idosos, Residência de Idosos - Lar de Grandes Dependentes e o Centro de Acolhimento Temporário de Emergência Para Idosos - CATEI. Tutela ainda uma Unidade de Cuidados Continuados de Longa Duração e Manutenção - “Hospital de Jesus Cristo”.A instituição, de que há registos que remontam a 1500, é proprietária de um vasto património, como a Igreja da Misericórdia, a Igreja de Jesus Cristo, o edifício do antigo Hospital de Jesus Cristo, a Capela de Nossa Senhora do Monte (todos classificados como monumento nacional), a Capela da Ordem Terceira de São Francisco e a Praça de Touros Celestino Graça.
Novos órgãos sociais da Misericórdia de Santarém tomaram posse

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...