uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Utente do mercado de Alverca parte o pé em grelhas perigosas no pavimento

Utente do mercado de Alverca parte o pé em grelhas perigosas no pavimento

Comerciantes dizem que é frequente acontecerem acidentes por causa dos buracos das grelhas

É frequente os utilizadores do mercado de Alverca ficarem com os saltos dos sapatos ou as bengalas presas nos buracos das grelhas dos sumidouros e caírem. Já houve pessoas quem partisse um braço e mais recentemente uma senhora partiu o pé. Mas só agora a junta promete encontrar uma solução mais segura.

Edição de 09.01.2013 | Sociedade
Várias pessoas já ficaram feridas por causa das grelhas dos sumidouros do mercado de Alverca e só agora que uma funcionária de um laboratório de análises da cidade partiu um pé é que a junta de freguesia anuncia que vai resolver o problema. A vítima, com 60 anos, que costuma fazer compras no mercado, entalou o salto de um sapato numa das grelhas e caiu, partindo o pé. Teve que ser operada ao pé no Hospital de Vila Franca de Xira e está de baixa médica. Quem trabalha no mercado garante que as quedas são frequentes e os clientes acusam a junta de freguesia de ainda não ter feito nada para resolver a situação. Além dos saltos que ficam entalados nas grelhas há também casos de idosos que caem quando as bengalas ficam presas nos buracos. O piso escorregadio e desnivelado é também apontado como causa frequente para os acidentes. Em Outubro um cliente idoso partiu um braço quando a bengala ficou presa numa grelha. Em Maio foi a vez de outra cliente, mais nova, ter escorregado nas grelhas, que se encontravam molhadas.Os comerciantes dizem que a substituição das grelhas, anunciada por Afonso Costa, chega tarde demais. “Estão mal construídas, muitas delas estão partidas e soltas e temos de ser nós, os comerciantes, a arranjar remendos para que se possam aguentar. Foi preciso haver mais um acidente grave para virem a correr dizer que vão arranjar”, critica uma comerciante a O MIRANTE. Para Maria Emília, 75 anos, moradora em Alverca há mais de 30 anos, fazer compras no mercado exige cuidados redobrados. “Eu tenho cuidado a andar aqui dentro porque tenho uma prótese no joelho e já tenho ouvido falar de pessoas que caem no mercado. Felizmente nunca caí”, regista. O presidente da junta diz que lamenta o que aconteceu à senhora que partiu o pé. Afonso Costa garante que o encarregado da autarquia já esteve no local e que vai procurar comprar grelhas novas. Mesmo assim desvaloriza os acidentes que utilizadores e comerciantes dizem acontecer com frequência salientando que “acidentes podem acontecer em qualquer lugar”. A junta disponibilizou-se entretanto para accionar o seguro para que este suporte as despesas médicas.
Utente do mercado de Alverca parte o pé em grelhas perigosas no pavimento

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...