uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Detido suspeito de ter regado companheira com gasolina

Edição de 16.01.2013 | Cultura e Lazer
Um homem de 58 anos foi detido em Marinhais por posse de armas proibidas na manhã de sexta-feira, 11 de Janeiro. A detenção surgiu na sequência de uma investigação policial sobre violência doméstica na qual é suspeito de ter regado a companheira com gasolina. O casal, que trabalha numa roulote de farturas, vive há perto de dois anos em Marinhais, concelho de Salvaterra de Magos. O caso provocou grande aparato na manhã de sexta-feira, na Rua dos Inquilinos, onde mora o casal. A PSP chegou a disparar um tiro ao ser confrontado com o cão do fartureiro e, segundo o que O MIRANTE apurou, o veterinário municipal foi chamado a intervir. A PSP apreendeu gasolina, recipiente para combustível e mangueiras, que o suspeito terá usado alegadamente para regar a companheira. Só não terá ateado o fogo por ter sido impedido por um familiar da vítima, diz fonte policial. O suspeito terá afirmado às autoridades que apenas pretendia assustar a mulher com a qual já não vivia.Durante a busca, a polícia apreendeu diversas armas alegadamente utilizadas pelo suspeito para ameaçar a sua companheira, as quais não estavam devidamente registadas em seu nome. Também apreendeu uma carabina, um silenciador, cinco armas de pressão de ar, cinco miras telescópicas, dezenas de caixas de munições de vários calibres, duas armas brancas, um bastão extensível, uma soqueira metálica e um taco de basebol. O detido, que já estava referenciado por crimes de violência doméstica e por ameaças, foi presente sábado no Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa para primeiro interrogatório, tendo-lhe sido aplicada como medida de coacção o afastamento da vítima e pulseira electrónica para controlar a sua movimentação.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...