uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

“Chutos na Bola com Humor à Camisola”

Livro de José Manuel Tuna foi lançado em Torres Novas com a presença de muitos amigos
Edição de 16.01.2013 | Desporto
Neste livro, “O Tuna” como ainda é vulgarmente conhecido em Torres Novas, revela um conjunto de episódios ocorridos em vários palcos e com as mais diversas personalidades, algumas de renome internacional, ligadas ao desporto, em particular ao futebol. Num registo informal e descontraído, o autor partilha essas vivências ocorridas ao longo de 50 anos, dentro e fora do campo.José Manuel Tuna Caranguejeiro, é natural de Lapas, onde nasceu em 1949 e viveu até à idade adulta. “Ainda lá tenho casa e continuo a vir muita vez. Também não vivo tão longe assim, Leiria onde me radiquei é logo ali”. Além de futebolista, treinador, bancário e jornalista, desenvolveu e aperfeiçoou competência de observador atento das mais variadas situações humorísticas ligadas ao desporto-rei.O pai, que era músico, preferia que tivesse seguido o mesmo caminho, mas José Manuel Tuna escolheu o futebol. Começou nas camadas mais jovens do Clube Desportivo de Torres Novas. Foi campeão nacional e convocado para a selecção, jogou com grandes nomes do futebol nacional, orientou vários clubes e depois passou para a bancada, como jornalista. “Chutos na bola com humor à camisola” é o resultado da ligação de 50 anos à modalidade.O livro é uma compilação de pequenas crónicas com um pouco sal de humor, que o autor foi escrevendo para vários jornais ao longo dos anos. Nele fala de momentos passados no Sport Lisboa e Benfica. Onde conviveu com grandes figuras de então. Mas é de Torres Novas onde jogou como sénior durante sete anos, das suas figuras, das condições que tinham para a prática da modalidade que mais fala no livro. Ao longo de 50 anos, José Manuel Tuna cruzou-se com figuras que marcam a história do futebol: José Mourinho, Eusébio, Chalana, Eric Cantona, Nené, Jorge Jesus, Dunga, Peres. “De todos guarda fotografias e episódios. “É um livro que sobretudo nos traz lembranças dos anos de glória do futebol torrejano. De um tempo em que as pessoas iam para o Almonda Parque, baptizado pelo “Quintal do José Maria”, ver os jogos. Fala-nos de algumas figuras que marcaram o clube. É um momento importante para a nossa memória do futebol, e para dar a conhecer a esta geração o que foi o Clube Desportivo e as pessoas que o dirigiam”, disse o presidente da Câmara de Torres Novas, António Rodrigues, que lamentou que o salão não estivesse mais composto, cerca de duas dezenas de pessoas corresponderam ao convite, e quase todos foram seus companheiros de equipa no clube torrejano.Depois deste livro, José Manuel Tuna garante que ainda fica muito por contar. “Isto é inesgotável. Vou ver um jogo e se houver uma ‘boca’ da bancada, registo. Já são perto de 800 episódios”, refere, lamentando não poder acrescentar um enquanto internacional.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...