uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Brisa acusada de contribuir para insegurança ao manter desligada iluminação na zona do Bairro do Paraíso

Edição de 16.01.2013 | Sociedade
Há vários meses que a concessionária de auto-estradas Brisa mantém apagada a iluminação desde a zona do campo do Cevadeiro até à entrada do Bairro do Paraíso, no nó de acesso à Auto-Estrada 1 em Vila Franca de Xira. O que causa insegurança às pessoas que circulam a pé na zona. A Câmara de Vila Franca de Xira diz que está a acompanhar a situação junto da Brisa, entidade responsável pelos postes de iluminação na zona em causa, tendo já feito contactos para que a iluminação seja reposta, informa o gabinete de comunicação da autarquia. José António, morador naquele bairro, já contactou câmara e junta de freguesia, para denunciar a falta de luz. “Na Feira de Outubro já não havia luz, estamos assim há pelo menos quatro meses”, garante o morador. O morador diz que a Brisa tem empurrado para a Estradas de Portugal a responsabilidade de assegurar a iluminação pública e vice-versa. Hortense Rodrigues regressava todos os dias a casa pela beira da EN 10, desde o centro de Vila Franca de Xira até ao Bairro do Paraíso, ora pelo passeio, ora pela berma da estrada. Deixou de o fazer recentemente devido à falta de iluminação quando ali tem de passar entre as 19h30 e as 20h00. “É uma escuridão, é assustador fazer este caminho. Desde o campo da bola, onde acaba o passeio, venho pela berma da estrada e tentar atravessar a passadeira é um perigo, já não o faço. Vinha sempre de pé atrás mas agora tenho vindo de autocarro”, conta Hortense Rodrigues.O MIRANTE contactou via e-mail a Estradas de Portugal e a Brisa mas não recebeu qualquer resposta até ao fecho da edição.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...