uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Coveiro castigado com quatro meses sem ordenado por troca de ossadas

Funcionário da Junta de Alverca, de 53 anos, está há mais de 30 anos em funções na autarquia e tinha uma folha de serviço “limpa” até suceder o caso.

Edição de 16.01.2013 | Sociedade
O coveiro do cemitério de Alverca que se deixou levar por um homem que engendrou um esquema para tentar exigir indemnização de 20 mil euros à junta de freguesia, já cumpriu uma suspensão de quatro meses do serviço, sem vencimento, no âmbito de um processo disciplinar da junta de freguesia. José Marques Basílio, de 53 anos, recebeu 100 euros para tirar as ossadas da avó do indivíduo e colocar outras no talhão. O objectivo do homem era vir a responsabilizar a junta de freguesia pelo desaparecimento das mesmas e pedir uma indemnização, mas acabou detido pela PSP. Depois de cumprir a pena, o coveiro regressou ao trabalho e continua como funcionário da junta à qual está ligado há mais de 30 anos, com uma folha de serviço que, até àquela data, tinha sido exemplar, contou fonte da junta a O MIRANTE. O coveiro pode ainda vir a ser responsabilizado judicialmente, já que está no Tribunal de Vila Franca de Xira o processo-crime ainda sem julgamento marcado. Contacto por O MIRANTE, o presidente da Junta de Alverca, Afonso Costa, lembra que na sequência do conhecimento do caso foi de imediato aberto inquérito interno para apurar a conduta e envolvimento do funcionário, tendo o executivo da junta nomeado auditor externo para executar o relatório. A pena aplicada ao funcionário, também deliberada em reunião do executivo, está de acordo com o Estatuto Disciplinar dos Funcionários que Exercem Funções Públicas.Recorde-se que o autor do esquema teve os ossos da avó durante três meses em casa. Pretendia depois com recurso a teste de ADN, provar que as ossadas não eram as da sua avó e exigir à Junta de Alverca a indemnização. O coveiro acabou por confessar o caso e o indivíduo ainda tentou restituir as ossadas da avó ao cemitério mas acabou por ser detido.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...