uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Mais de uma centena de crianças em risco em instituições de Vila Franca

Mais de uma centena de crianças em risco em instituições de Vila Franca

Famílias entregaram alimentos, roupas e brinquedos e município distribuiu por centros de acolhimento

As três instituições que no concelho de Vila Franca de Xira acolhem crianças e jovens em risco receberam alimentos, brinquedos e roupas. Os bens foram doados pela comunidade no âmbito de uma campanha lançada pelo pelouro da juventude do município.

Edição de 16.01.2013 | Sociedade
Mais de uma centena de menores em risco estão 24 horas a cargo de instituições do concelho de Vila Franca de Xira que têm em funcionamento Centros de Acolhimento de Crianças e Jovens em Risco. As três instituições que garantem este serviço receberam na tarde de terça-feira, 8 de Janeiro, na Casa da Juventude de Alverca, alimentos, brinquedos e roupa para fazer face às dificuldades diárias.Os bens foram recolhidos no âmbito da campanha “Reciclar + Dar = Ajudar” promovida pelo pelouro da juventude do município. A terceira edição da iniciativa, que decorreu entre Novembro e Janeiro, permitiu este ano reunir 200 brinquedos, 50 quilos de roupa de bebé, alimentos e produtos de higiene. As famílias fizeram a entrega dos bens nas casas da juventude do concelho. “A iniciativa que decorre pela terceira vez pretende motivar sobretudo os jovens a dirigirem-se às casas da juventude do concelho e entregarem brinquedos, roupas, alimentos não perecíveis”, explica o vereador da juventude da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, Fernando Paulo Ferreira (PS). Os bens foram distribuídos à Fundação Cebi, Associação de Bem Estar Infantil de Vialonga e Associação de Bem Estar Infantil de Vila Franca de Xira que acolhem no total 110 crianças. Os dirigentes das instituições agradecem e lembram que todos os apoios são bem-vindos. “Estas iniciativas são bem-vindas porque nos ajudam a suprimir as carências dos meninos que estão a nosso cargo e para o qual só temos o acordo de cooperação da Segurança Social”, explica o dirigente da Associação de Bem Estar Infantil de Vialonga. Vasco Matos refere que estas campanhas complementam apoios de empresas, como o Barclays ou as OGMA que, por altura do Natal, oferecem brinquedos e vestem “de cima a baixo” as crianças acolhidas pela instituição.A carrinha da Associação de Bem-Estar Infantil de Vialonga saiu de Alverca carregada de roupas, alimentos e brinquedos para os vinte meninos. O mesmo aconteceu com a Associação de Bem Estar Infantil de Vila Franca de Xira que tem 50 crianças a seu cargo nos três centros de acolhimento que tem a funcionar no concelho. Os alimentos, bem como as roupas e brinquedos vão fazer jeito na instituição onde “estão sempre crianças a entrar e a sair, lembra o dirigente, Manuel Martins. A Fundação Cebi agradeceu o mesmo contributo para o centro de acolhimento onde vivem temporariamente 30 meninos retirados às famílias.
Mais de uma centena de crianças em risco em instituições de Vila Franca

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...