uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Temporal afectou o III Encontro dos Reis do Footkart

Ainda se disputaram alguns jogos mas o vento forte quase levantava os pequenos jogadores de oito, nove e dez anos
Edição de 23.01.2013 | Desporto
Contra todas as adversidades climáticas, as equipas convidadas apresentaram-se para participar no III Encontro de Futebol de Sete dos Reis, prova organizada pelo Footkart Escola de Futebol de Almeirim, que se realizou, em parte, no dia 18 de Janeiro. Este encontro que ao longo dos tempos começa já a ser uma referência no futebol de formação distrital.Em Paço dos Negros, pela manhã, as equipas de sub8 do Footkart Escola de Futebol, Geração Benfica Estádio, Escola Futebol Grupo Desportivo Fabril do Barreiro, União Tomar e Associação Académica de Santarém apresentaram-se dispostas a disputar os jogos programados. Mas após a realização dos dois primeiros jogos e no decurso da segunda jornada foi decidido pela organização do encontro cancelar os jogos devido à imensa chuva e vento forte que insistia em não deixar os pequenos jogadores demonstrarem todas as suas capacidades futebolísticas. Os resultados dos jogos realizados foram os seguintes: Footkart Escola Futebol 0 - 5 União Tomar; Geração Benfica Estádio 6 - 0 Associação Académica Santarém e Footkart Escola Futebol 0 - 8 Escola Futebol Grupo Desportivo Fabril.Em Almeirim, pela manhã, as equipas de sub10 do Footkart Escola de Futebol, Geração Benfica Estádio e Escola Futebol GD Fabril também se apresentaram para a disputa de um triangular no campo sintético de Almeirim. No primeiro jogo o Footkart Escola de Futebol ganhou por três a zero à Geração Benfica Estádio, no segundo jogo a Escola Futebol GD Fabril ganhou por oito a zero à Geração Benfica Estádio e no último jogo o Footkart Escola de Futebol perdia por três a zero com a Escola de Futebol GD Fabril quando caiu uma árvore junto ao recinto de jogo pelo que a organização do encontro deu por terminado de imediato o mesmo. Uma vez que considerou que não estavam reunidas as condições de segurança para todos os presentes.Tendo em conta a insegurança que se verificava no local a organização do III Encontro dos Reis do Footkart decidiu também cancelar o programa de jogos para o escalão de sub9 que se realizava no mesmo local à tarde.Vasco Carvalho dirigente do Footkart e da organização do encontro agradeceu o empenho e a disponibilidade por parte de todos os clubes envolvidos para que a realização do mesmo fosse uma realidade apesar do mau tempo. “Os pais dos jogadores foram excepcionais ao possibilitarem a presença dos seus filhos no encontro apesar das adversidades pelo que nunca é demais agradecer a sua compreensão para a tentativa de realização do encontro e posteriormente o seu cancelamento. Tudo tentámos fazer para que a realização do encontro fosse uma realidade mas factores que nos ultrapassam e que não controlamos não nos permitiram continuar e levar os jogos até ao fim”, disse o dirigente. A desilusão estampada no rosto dos pequenos futebolistas era grande, todos queriam jogar e a impossibilidade de o fazerem causou-lhes uma grande tristeza. “É pena vermos esta desilusão estampada no rosto destas crianças, mas não tínhamos outra solução se não cancelar o torneio”.Footkart é já um exemplo na formação desportiva de crianças e jovensO Encontro dos Reis vai na terceira edição e a sua realização serve para colocar os mais jovens da escola de formação a competir com equipas de outras regiões. “É sobretudo um dia de festa para os mais jovens e começa a ser um dos melhores torneios do género que se realiza na região”, disse Vasco Carvalho.O Footkart é um exemplo na formação, movimenta mais de uma centena e meia de crianças e jovens nos escalões de pré-escolas, escolas, sub-10, sub-11, infantis, iniciados e juvenis. “Temos crescido muito e embora contemos com o apoio da Associação de Paço dos Negros, onde treinamos e jogam algumas equipas, os espaços para treinar e jogar começam a ser poucos”, garante o dirigente.A Câmara Municipal de Almeirim chegou a equacionar a colocação de um piso sintético no inacabado Estádio Municipal de Almeirim, mas foi uma equação falhada. “É verdade chegou a ser ventilada a hipótese da colocação do sintético no estádio, mas a ideia não avançou e não temos qualquer novidade sobre o assunto. Temos pena da ideia não ter ido avante, mas também temos consciência das dificuldades existentes a todos os níveis. O apoio da câmara é indispensável para continuarmos o nosso trabalho”, disse Vasco Carvalho.As deslocações para Paço dos Negros só têm sido possíveis com a ajuda dos pais, que na opinião de Vasco Carvalho têm sido inexcedíveis. “Os pais dos jogadores têm tido uma forte contribuição para o desenvolvimento do clube, ajudam em tudo o que posem, nas deslocações, no pagamento das mensalidades e no apoio nos jogos”.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...