uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Estrada que atravessa a aldeia do presidente da Câmara de Santarém está uma desgraça

Estrada que atravessa a aldeia do presidente da Câmara de Santarém está uma desgraça

Águas de Santarém danificou o piso para instalar a rede de esgotos em Azóia de Baixo mas a repavimentação ficou por fazer. A situação já dura há alguns meses. Ricardo Gonçalves espera resolver o problema brevemente.

Edição de 23.01.2013 | Sociedade
“Santos da casa não fazem milagres” é um ditado popular que o povo de Azóia de Baixo deve recordar com alguma regularidade nos últimos meses devido ao estado em que se encontra a estrada municipal que atravessa a aldeia após as obras realizadas para instalação do sistema de saneamento básico. A rede de esgotos está colocada há já alguns meses mas a reposição do pavimento continua por executar na localidade de onde é natural Ricardo Gonçalves, presidente da Câmara de Santarém e da empresa municipal Águas de Santarém, esta última responsável pela intervenção. Conclusão: ao longo de cerca de dois quilómetros a estrada proveniente da Estrada Nacional 3 em Vale de Lobos e que atravessa Azóia de Baixo em direcção aos Casais de São Brás é um misto de alcatrão e de terra batida, com buracos e desnivelamentos pelo meio que fazem gemer os amortecedores dos automóveis. O flagelo afecta ainda outras ruas secundárias no interior da localidade. Uma contrariedade para os automobilistas e para os peões, sobretudo em época de chuvas quando a terra se transforma em lama que alastra para o asfalto.“Não será descabido que O MIRANTE procure conhecer o que se passa com as ditas obras e de seguida informar os munícipes” desafiou-nos em jeito de desabafo o leitor António Rebelo, sublinhando que a situação dura desde o final do último Verão.Contactado pelo nosso jornal, o presidente da Câmara de Santarém informou que estão a decorrer alguns trabalhos de pavimentação no concelho decorrentes das obras de saneamento básico lançadas pela Águas de Santarém, estando prevista idêntica intervenção na zona de Azóia de Baixo e de Casais de São Brás para breve. “Estava previsto iniciarem-se os trabalhos a partir de 15 de Janeiro, mas devido ao agravamento das condições meteorológicas as obras não arrancaram. Estamos à espera de uma melhoria do tempo para que seja feita essa repavimentação”, disse o autarca ao nosso jornal, reconhecendo que passou demasiado tempo desde o fim das obras de saneamento até às obras de repavimentação. Uma metodologia de actuação que, na sua opinião, deve ser revista.
Estrada que atravessa a aldeia do presidente da Câmara de Santarém está uma desgraça

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...