uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Nervoso miudinho na estreia do coro juvenil do Círculo Cultural Scalabitano

Nervoso miudinho na estreia do coro juvenil do Círculo Cultural Scalabitano

Grupo fez primeira apresentação pública na noite de sexta-feira em Santarém, num espectáculo em que também subiram ao palco os outros grupos corais da colectividade.

Edição de 10.04.2013 | Cultura e Lazer
Meia hora antes do início do espectáculo, ainda com as portas fechadas ao público, um grupo de 23 jovens afina as vozes, no centro do palco, ao som de “Just the way you are” do cantor norte-americano Bruno Mars. São os elementos do novo coro juvenil do Círculo Cultural Scalabitano (CCS) que fez o seu espectáculo de apresentação na noite de sexta-feira, 5 de Abril, no Teatro Sá da Bandeira, em Santarém.Vestidos com roupa informal, calças de ganga, eles com camisa cor-de-rosa, elas com camisa branca, os jovens não escondiam o nervoso miudinho. Marta Cadima, 15 anos, teve conhecimento que o CCS ia criar um coro juvenil através da mãe de uma amiga. Ela e um grupo de amigos da escola decidiram inscrever-se. Dizem que é uma forma de estarem juntos e manter a amizade depois de se terem separado ao escolherem áreas de estudo diferentes no 10º ano. “Como nos conhecemos todos muito bem isto é muito divertido. Gostamos muito de cantar e aproveitamos para nos divertirmos em conjunto”, afirma confessando o grande nervosismo minutos antes de subir ao palco.A jovem não pensa seguir uma carreira de cantora mas sabe que a música é um passatempo que quer que a acompanhe para o resto da vida. Antes do coro teve aulas de viola no Conservatório de Música. José Carvalho, 16 anos, garante que antes de entrar para o coro só cantava no chuveiro e tem noção que ainda desafina. Entrou para o coro juvenil porque queria uma actividade onde pudesse distrair-se e a música sempre teve um papel importante na sua vida. “A música transporta-me para um mundo só meu e onde me sinto muito bem”, revela. Já teve aulas de guitarra eléctrica e acústica mas agora quer aprender a melhorar as suas capacidades vocais. “O facto de estar com os amigos torna tudo mais divertido”, diz.Tal como Marta, também Daniela não esconde o nervosismo da estreia. Aceitou o desafio sem pensar duas vezes só para estar mais tempo com os amigos. Além disso, faz algo que adora: cantar. Esta é a primeira vez que participa numa actividade extracurricular e diz estar a adorar. A jovem defende que faziam falta em Santarém actividades lúdicas para os jovens da sua idade.O coro juvenil do CCS foi o último a actuar e o nervoso miudinho foi uma constante ao longo da noite. Nos bastidores, os jovens conversam e tentar abstrair-se do momento em que vão subir ao palco. Carolina e Nicolau têm a responsabilidade acrescida de apresentarem o espectáculo, que assinala também o 41º aniversário do coro adulto do CCS. Nervosos, soletram as cábulas que vão ter que ler aos espectadores que encheram a sala do Sá da Bandeira.Coros para todas as idadesA orientar o mais recente membro da família coral do CCS está o maestro António Matias, que está à frente dos outros dois coros [infantil e adulto] desde 2008. “O Círculo Cultural Scalabitano agora tem coros para todos, dos seis aos 115 anos”, explica bem-disposto. O maestro refere que é importante haver alternativas para os jovens escolherem. Segundo António Matias, a ideia é que o coro juvenil possa fazer o chamado ‘Show Choir’ [engloba canto e dança], que não é muito comum em Portugal. Nesta primeira apresentação o coro só cantou mas já estão a ensaiar para que em próximos espectáculos possam também dançar. Ala dos Namorados, Bruno Mars e jazz são alguns dos géneros musicais que se ouviram no concerto dos jovens. António Matias diz que o objectivo é que o espectáculo de coro não seja uma “seca”, como algumas pessoas têm a ideia. “Queremos mostrar que um coro não tem que ser aborrecido nem monótono e que pode ser para pessoas de todas as idades”, sublinha o maestro.O coro juvenil está em preparação há cerca de dois meses e muitos dos jovens estão a aprender técnica vocal. Quem tiver entre 13 e 25 anos pode inscrever-se no coro juvenil do CCS. A ideia é representar Santarém um pouco por todo o país.
Nervoso miudinho na estreia do coro juvenil do Círculo Cultural Scalabitano

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...