uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Roubos nos campos de Almeirim diminuíram com proibição de circular à noite

Edição de 18.09.2013 | Sociedade
Desde que entrou em vigor a proibição de circulação à noite nas estradas do campo em Almeirim, a GNR registou uma diminuição da criminalidade no espaço agrícola na ordem dos 80 por cento. A decisão da Câmara de Almeirim, a segunda na região a condicionar o trânsito nas zonas de campo após a Golegã, entrou em vigor no início de Maio. E segundo o comandante do destacamento de Santarém da GNR, capitão Fernandes, os resultados “são bastante positivos”. Segundo os dados registados no posto de Almeirim desde Maio e até ao final do mês de Agosto registaram-se apenas dois furtos de equipamentos agrícolas. Contra dez casos que tinham sido contabilizados em igual período do ano passado. No mês de arranque do projecto não se registou qualquer furto, enquanto no período homólogo de 2012 tinham sido cometidos sete furtos. Os dois casos que se registaram entre Maio e Agosto últimos consistiram, num dos casos, no roubo de bombas de tirar água para rega que causou prejuízos na ordem dos 4.500 euros, segundo a estimativa feita pela GNR. O outro teve a ver com o furto de torneiras metálicas num terreno agrícola. Ainda não foram encontrados os autores mas a Guarda está a investigar. Para o capitão a interdição de circulação e a vigilância que tem sido feita à circulação nestas zonas tem tido um efeito dissuasor do crime. Durante as acções de fiscalização nas estradas abrangidas, no perímetro entre a ponte da vala e a localidade de Tapada, foram elaborados 29 autos de contra-ordenação a condutores que circulavam no local no período de interdição e sem autorização. Três condutores foram detidos, dois por não terem carta de condução quando apanhados e outro por excesso de álcool no sangue. A GNR avisa que vai continuar a fazer vigilância nestas estradas. Na altura em que foi lançada a medida o vice-presidente do município, Pedro Ribeiro, justificou-a com o facto de nos últimos anos se ter assistido a um “acréscimo enorme” de furtos, nomeadamente de pivots de rega, postos de transformação de electricidade e linhas eléctricas para retirarem cobre. Entre as 19h00 e as 7h00 só estão autorizados a circularem nas estradas de campo os condutores que possuam dísticos emitidos pela câmara, mediante requerimento dos interessados. Só é autorizada a circulação a pessoas que por motivos profissionais têm que circular nas zonas agrícolas.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...