Autárquicas 2013 | 02-10-2013 14:43

Junta de Vila Franca foi arrogante com a população e pagou por isso

Junta de Vila Franca foi arrogante com a população e pagou por isso
Uma das surpresas da noite eleitoral no concelho foi a vitória de Mário Calado (CDU) para a Junta de Freguesia de Vila Franca de Xira, derrotando os socialistas que gerem aquele órgão há 16 anos. Mário Calado foi eleito com 35,69 por cento dos votos e diz que o executivo socialista pagou o preço por ter sido arrogante com a população no último mandato, gerido por Ana Câncio depois da saída de José Fidalgo. “Estou imensamente feliz. Houve muita coisa que a junta não tratou bem e isso estava à vista. Sentimos que as pessoas estavam desagradadas com a junta. Fazia falta falar mais com a população. Houve alguma arrogância em relação às pessoas. Houve muita gente que se queixou que falava ou fazia observações à junta e esta ignorava. Comigo isso não vai acontecer, serei um presidente aberto, para todos”, disse a O MIRANTE. Mário Calado diz que a junta “vai e tem de mudar” porque “não vale a pena” continuar na mesma. “Vamos dar-lhe outra atitude, outro estilo de trabalho”, garante. Mário Calado, 57 anos, assistente técnico na EDP e ex-presidente do Ateneu Artístico Vilafranquense, militante do PCP, aceitou o desafio da CDU por acreditar que era possível “fazer melhor” que o executivo liderado por Câncio. O povo deu-lhe agora quatro anos para provar o seu valor. Na noite eleitoral, Ana Câncio, que era terceira na lista socialista à Junta de Vila Franca, esteve presente nas celebrações da vitória de Alberto Mesquita de rosto cerrado.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Médio Tejo