Autárquicas 2013 | 02-10-2013 14:34

Socialistas fazem a festa no Ribatejo

PS ganha mais quatro câmaras e mantém todas as que governava. PSD perde Entroncamento e Tomar e CDU e Bloco de Esquerda perdem um município cada.

O PS é o grande vencedor das eleições autárquicas de 29 de Setembro na região, pintando de cor de rosa o Ribatejo. Os socialistas mantiveram as suas posições e conquistaram vários municípios, como Entroncamento, Tomar, Salvaterra de Magos e Chamusca. Mais: o PS conseguiu superar com distinção as cisões internas que se verificaram em Almeirim, Golegã e Cartaxo, de onde saíram movimentos independentes concorrentes, mantendo essas autarquias, embora tenha perdido a maioria absoluta na Golegã e no Cartaxo. Preservou ainda Ourém dos avanços do PSD, num dos resultados mais renhidos da noite. Sem surpresas, os socialistas continuam também a reinar em Abrantes, Alcanena, Coruche, Torres Novas e Vila Nova da Barquinha. Tal como em Azambuja e Vila Franca de Xira, já no distrito de Lisboa.Sem grandes dúvidas pode-se apontar o PSD como o grande derrotado da noite, ao perder câmaras importantes como Entroncamento e Tomar, o que permite ao PS ter uma maioria confortável na Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo. O melhor que os social-democratas conseguiram foi manter a capital de distrito, Santarém, ainda que perdendo a maioria absoluta, e ganhar com maiorias absolutas em Rio Maior (em coligação com o CDS), Ferreira do Zêzere, Sardoal e Mação.A CDU conheceu uma noite de sentimentos mistos. É verdade que perdeu a Câmara da Chamusca (onde a saída do “dinossauro” Sérgio Carrinho fez mossa), mas aguentou em seu poder Alpiarça, Constância e Benavente, com o realce de nesta última ter ultrapassado com sucesso e um grande resultado a saída do histórico António José Ganhão. A seu favor, a coligação liderada pelo PCP conseguiu ainda a eleição de vereadores em câmaras onde não tinha representação, como Santarém, Salvaterra de Magos, Entroncamento, Rio Maior, Abrantes e Tomar.Já o Bloco de Esquerda, após a saída da popular “Anita”, perdeu a Câmara de Salvaterra de Magos (a única que tinha no país) para o socialista Hélder Esménio, tendo como alegria a eleição de um vereador para a Câmara de Torres Novas. Manteve ainda o seu representante na Câmara do Entroncamento.O CDS/PP manteve a sua escassa representatividade na região, tendo como único sucesso a registar a vitória em Rio Maior onde integra a coligação com o PSD. Onde concorreu sozinho, o partido não conseguiu eleger qualquer vereador.Mais maiorias relativasOutro dado a reter nestas eleições é a da existência de muitas maiorias relativas, o que vai obrigar quem ganhou a negociar com a oposição se quiser governar com alguma tranquilidade. É o que deverá suceder em Ourém, Chamusca, Golegã, Santarém, Tomar, Cartaxo, Salvaterra de Magos e Vila Franca de Xira.Já a saída, devido à lei de limitação de mandatos, de autarcas carismáticos que governavam os seus municípios há muitos anos, pode ajudar a justificar a mudança em municípios como os de Chamusca e Salvaterra de Magos, perdidos por CDU e BE para o PS. Mas o fenómeno já não se verificou noutros casos, como em Almeirim, Golegã e Benavente.Muitas caras novas à frente dos municípiosA lei de limitação de mandatos impediu a recandidatura de vários presidentes de câmara da região, tal como aconteceu no país, o que constitui uma lufada de ar fresco no mapa autárquico que se traduz nas muitas caras novas à frente dos executivos.Os presidentes de câmara eleitos por concelho na área de abrangência de O MIRANTE são: Abrantes (Maria do Céu Albuquerque - PS); Alcanena (Fernanda Asseiceira - PS); Almeirim (Pedro Ribeiro - PS); Alpiarça (Mário Pereira - CDU); Azambuja (Luís Sousa - PS); Benavente (Carlos Coutinho - CDU); Cartaxo (Pedro Magalhães Ribeiro - PS); Chamusca (Paulo Queimado - PS); Constância (Júlia Amorim - CDU); Coruche (Francisco Oliveira - PS); Entroncamento (Jorge Faria - PS); Ferreira do Zêzere (Jacinto Lopes - PSD); Golegã (Rui Medinas - PS); Mação (Vasco Estrela - PSD); Ourém (Paulo Fonseca PS); Rio Maior (Isaura Morais ~- PSD/CDS); Salvaterra de Magos (Hélder Esménio - PS); Santarém (Ricardo Gonçalves - PSD); Sardoal (Miguel Borges - PSD); Tomar (Anabela Freitas - PS); Torres Novas (Pedro Ferreira - PS); Vila Franca de Xira (Alberto Mesquita - PS); Vila Nova da Barquinha (Fernando Freire - PS).

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Médio Tejo