Autárquicas 2013 | 02-10-2013 14:36

Votos nulos aumentaram mais do dobro na região apesar de terem votado menos eleitores

Nas eleições autárquicas de 2009, no distrito de Santarém, votaram 242.420 eleitores e registaram-se 3.354 votos nulos (1,38%). Nas eleições de domingo os votantes foram menos 28.160 mas os votos nulos mais que duplicaram. Foram registados 6.889 (3,22%). Até ao momento não foi encontrada qualquer explicação para este estranho comportamento dos eleitores. Parece que, num espaço de quatro anos, mais de 3500 eleitores do distrito de Santarém esqueceram, pura e simplesmente como se vota ou decidiram desatar a inutilizar boletins de voto.Houve concelhos, como Torres Novas ou Benavente, em que os votos nulos passaram de pouco mais de um por cento para quase 4 por cento (3,71% no primeiro caso e 3,85% no segundo). E nem sequer é possível estabelecer uma relação entre votos nulos e o descontentamento de muitos eleitores com a união de algumas freguesias que os poderia ter levado a inutilizar o seu voto com a inscrição de mensagens, por exemplo. Se em Torres Novas houve reorganização administrativa, em Benavente isso não aconteceu.Em Santarém, onde o PSD não conseguiu atingir a maioria absoluta por uns meros 5 votos, a situação está a ser seguida com atenção. Conforme O MIRANTE avançou ontem, aquele partido vai tentar saber se o critério usado para a classificação dos votos nulos foi uniforme em todas as assembleias de voto e poderá pedir a recontagem dos votos. No Entroncamento, onde o PS conseguiu a maioria absoluta por uma diferença de 14 votos, o PSD não estava a ponderar, na segunda-feira à tarde, seguir o exemplo dos sociais-democratas de Santarém.A nível nacional os votos nulos passaram de 69.120 (1,25%) em 2009 para 147.124 (2,95%) nas eleições de Domingo. Os votos brancos passaram de 94.983 (1,72%) para 193.334 (3,87%). A nível do Distrito de Santarém o total de votos nulos e em branco, foi de 15.795, cerca de 7,38%.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Médio Tejo