uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
O perigoso ladrão de pinhões

O perigoso ladrão de pinhões

Edição de 02.10.2013 | O Cartoon da Notícia
Um trabalhador rural com 43 anos começou a ser julgado no Tribunal Judicial de Abrantes porque foi surpreendido pelo Núcleo de Investigação Criminal da GNR a apanhar pinhas à beira da Estrada Nacional 2, em Bemposta, Abrantes, estando “armado” com quatro lances de escadas. O caso remonta a 15 de Dezembro de 2012 quando o homem já tinha reunido seis sacas de pinhas, num total de 118 quilos. Uma vez que a estrada nacional é da responsabilidade da empresa estatal Estradas de Portugal, ao trabalhador rural foi pedida, por esta entidade, uma indemnização de 70 euros e 80 cêntimos, valor comercial do produto recolhido. Questionado pelas autoridades, o arguido disse “não saber que estava a cometer um crime”, até porque sabia que os pinheiros mansos estavam em território da Junta Autónoma de Estradas, pressupondo que ninguém ia acabar por recolher as pinhas e estas acabariam por estragar-se. Assim não entendeu o tribunal e o homem ao invés de ser felicitado por ter ajudado a limpar o terreno e ter aproveitado recursos naturais, acaba no banco dos réus por furto de património do Estado. E assim se vai entupindo os nossos tribunais…
O perigoso ladrão de pinhões

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...