uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Pagamento de obras do CRIC está desbloqueado

Edição de 02.10.2013 | Sociedade
O director regional da Segurança Social de Santarém, Tiago Leite, garante que as facturas referentes ao meses de Fevereiro, Março, Abril e Maio das obras de ampliação do centro de actividades ocupacionais e de construção de uma residência autónoma do Centro de Reabilitação e Integração de Coruche (CRIC) estão validadas. Em causa estão cerca de 159 mil euros para financiamento da empreitada e que a direcção da instituição aguarda há algum tempo. Tiago Leite confirma que a autorização de pagamento por parte da Segurança Social foi emitida no dia 27 de Setembro. O dinheiro deve estar disponível nos próximos dias.Em Julho deste ano o executivo municipal de Coruche tornou pública a situação ao exigir junto do Governo e de várias entidades a regularização do apoio aprovado para financiar as obras. O presidente da câmara, Dionísio Mendes, disse a O MIRANTE ter informação do CRIC que em atraso estavam cerca de 159 mil euros que deviam chegar através do Programa Operacional de Potencial Humano (POPH), gerido pela Segurança Social.Tiago Leite explica que algumas facturas não foram postas a pagamento logo em Julho porque houve pedidos de alterações à obra. Adianta ainda que após a emissão de autorização de pagamento normalmente o dinheiro demora cerca de uma semana a ficar disponível. O orçamento para a construção destas instalações ronda os 740 mil euros, comparticipados em 75 por cento pelo POPH e em 46 mil euros pela Câmara Municipal de Coruche.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...