uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Evento “O Cavalo e o Campo” atraiu milhares de visitantes a Santo Estêvão

Iniciativa visa promover a charneca ribatejana e aprofundar a ligação das pessoas ao cavalo
Edição de 09.10.2013 | Cultura e Lazer
Maria Ventura Lino aproveitou a iniciativa “O Cavalo e o Campo” na Mata do Duque, em Santo Estêvão, Benavente, para passar um fim-de-semana diferente com o marido. Maria, residente em Salvaterra de Magos, quis aproveitar a oportunidade para ver os cavaleiros em acção e para contactar de perto com os cavalos. Já Maria Vicente, que se deslocou de Lisboa, ficou apaixonada pelo campo e pela tranquilidade que ele proporciona. “Se calhar ao início teria dificuldades por deixar a agitação da cidade mas acabaria por me habituar a um local mais calmo”, confessa.A beleza dos cavalos e a paisagem da charneca ribatejana cativaram muitos visitantes do evento “O Cavalo e o Campo”, que decorreu nos dias 4, 5 e 6 de Outubro. Promovida pela Associação para a Promoção Rural da Charneca Ribatejana, a iniciativa pretende aprofundar a ligação entre o cavalo e as pessoas. “Habitualmente o mundo dos cavalos é muito restrito e nós estamos a aproveitar para abrir esse mundo a toda a população” explica João Luís Falcão, responsável pela iniciativa, que recebeu milhares de visitantes num “dia agradável no campo”.Foram várias as actividades disponíveis, desde escalada, canoagem e prova de produtos típicos da região. Também houve quem experimentasse pela primeira vez montar a cavalo. Raquel Lapa, proprietária do Clube Equestre da Lapa, passou o tempo a ajudar pequenos e graúdos a montarem nos animais que levou para os “baptismos” no evento. Desde pequena que viveu no campo e não imagina outra forma de estar na vida. Acha fascinante o primeiro contacto das pessoas da cidade com os cavalos e diz que quem começa a montar, não mais consegue parar. “No início existe o medo de estar em cima do cavalo, mas depois quase que se tem que arrancar a pessoa do lugar”, conclui Raquel entre risos.Portugueses lideraram as provas de equitaçãoMadalena Viegas de Almeida e o cavalo Napalm de Foja conseguiram obter a primeira classificação no Concurso Nacional Combinado (CNC) da Associação Portuguesa de Concurso Completo de Equitação. A prova é constituída por uma avaliação no Ensino, Cross e Obstáculos. Nick Burd com o Sacosanct e Nicholas Harts com o Master Malibu ficaram em segundo e terceiro respectivamente. Na prova CIC*, que inclui Dressage, Cross e Jumping, João Duarte Silva foi o vencedor com o cavalo Craft AC. Manuel Grave ganhou a prova CIC** com o cavalo Samaritano.O campino Luís Alberto Inês Luís Alberto Inês define-se como o verdadeiro homem do campo e faz questão de incutir ao seu filho Vasco esse mesmo espírito. O campino está responsável por tratar das éguas Sorraia e Puro Sangue Árabe que estão em exposição e por explicar como se tratam os animais. O também criador de cavalos em Benavente compete em várias provas de campinos nas feiras da região. O cavalo que o marcou mais foi o único que teve de mandar abater e os olhos lacrimejam quando pronuncia o nome dele: Sebastião. “Só faltava comer à mesa comigo”. Há três anos tentaram roubar o Sebastião e este assustado fugiu para a estrada municipal 515 onde acabou por ser atropelado por um carro. “Ficou paralisado e tive que o mandar matar”. “No último ano tinha ganho a Feira Nacional da Agricultura com ele. Era uma máquina”, afirma emocionado Luís Alberto.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...